16/10/17

Amarante Turismo - O centro histórico de Amarante foi o palco da Bienal AR&PA que teve como objetivo promover, valorizar e dar visibilidade ao Património Cultural.



«AR&PA – MAIS UM MOTIVO PARA VISITAR AMARANTE

De 13 a 15 de outubro a cidade de Amarante recebe a Bienal Ibérica de Património Cultural. Há visitas guiadas, roteiros culturais, exposições, seminários, workshops, concertos, espetáculos e uma série de outras atividades destinadas aos mais novos, às famílias e ao público em geral.
 Amarante.

O centro histórico de Amarante vai ser o palco da Bienal AR&PA que tem como objetivo promover, valorizar e dar visibilidade ao Património Cultural. Para isso, a Spira, entidade organizadora, elaborou um vasto programa. Desde logo a Feira do Património onde estarão presentes cerca de 100 expositores entre entidades portuguesas e espanholas, mas há também ateliers, jogos e teatro para as crianças, várias exposições, workshops de fotografia, debates, espetáculos de vídeo mapping, concertos musicais e muito mais – o melhor mesmo é consultar o programa!

Ora, este é o mote para aproveitar o fim de semana e rumar ao norte para conhecer a magnífica cidade de Amarante. O centro histórico, bastante bem preservado, é local de visita obrigatória com um conjunto notável de magníficos monumentos e edifícios exemplares dos estilos barroco e românico, entre os quais se destacam as igrejas de São Pedro e de São Domingos, o Solar dos Magalhães, a Casa da Cerca, a ponte de São Gonçalo, que atravessa o Rio Tâmega, e o ex-libris da cidade - a Igreja e Convento de São Gonçalo. Este monumento religioso, que é um importante local de peregrinação, merece por si só uma visita. Erguido no local da ermida, onde se pensa estar sepultado o padroeiro da cidade, São Gonçalo, que na verdade é considerado beato pela igreja católica, começou a ser edificado em 1540 por ordem do rei D. João III. A sua construção atravessou diversos reinados pelo que, o seu aspecto denota influências renascentistas, maneiristas, barrocas e oitocentistas. A austera fachada principal contrasta com a imponência da lateral, que ostenta um portal de enorme valor artístico onde estão representados os fundadores beneméritos do convento.

Numa parte do Convento Dominicano de São Gonçalo encontra-se outra das joias de Amarante - o Museu Municipal Amadeo de Souza Cardoso, em homenagem ao pioneiro e um dos nomes maiores da pintura modernista portuguesa, cujo reconhecimento da sua notável obra só se deu recentemente. No museu, que pretende evocar artistas e escritores nascidos em Amarante, lembra-se António Carneiro, Teixeira de Pascoaes, Agustina Bessa Luís e claro, Amadeo de Souza Cardozo, entre outros.

Fora da cidade, há outros motivos de interesse, como por exemplo os Paços do Concelho de Santa Cruz de Riba Tâmega, o Mosteiro de Travanca ou as igrejas de Mancelos, Jazente, Freixo de Baixo, Gatão e Gondar que fazem parte da Rota do Românico. Mas desengane-se quem pensa que as únicas atrações da região passam apenas pelo património edificado. No Município de Amarante respira-se Natureza! Desde logo com Rio Tâmega, sempre presente, mas também as Serras do Marão e da Aboboreira, cujas paisagens marcadas pelas aldeias de xisto e de granito, povoadas por gente acolhedora e fiel depositária de antigas e ricas tradições, são bons motivos para não se deixar ficar apenas por uma visita à cidade.

Na gastronomia amarantina, a carne está em destaque, seja o cabrito assado no forno, ou os pratos de carne bovina maronesa, um produto autóctone das serras do Marão e do Alvão com denominação de origem protegida. E uma vez que estamos na época dos cogumelos, saiba que Amarante é uma referência nacional no que diz respeito à produção destes fungos, razão pela qual vale a pena ter em conta este petisco presente nas ementas dos restaurantes da região. Na hora da sobremesa, os doces conventuais à base de açúcar, ovos, farinha e amêndoas são obrigatórios, quer se tratem de “lérias”, “foguetes”, “papos de anjo” ou “brisas do Tâmega”. Nas pastelarias da cidade pode ainda encontrar os doces de São Gonçalo com a sua forma fálica característica e que são também uma presença habitual nas festas e romarias de Amarante. Estes doces estão associados ao culto pagão a São Gonçalo, a quem são atribuídos os dotes de casamenteiro - fazem parte das preces e rituais das moças solteiras que recorrem ao padroeiro da cidade na esperança de encontrar um noivo.

Quanto ao alojamento, no centro de Amarante existem bons hotéis e nos arredores há também diversas unidades de turismo de habitação. A hospitalidade já se sabe, é do melhor que há, ou não estivéssemos no norte do país!» in http://viagens.sapo.pt/planear/noticias/artigos/arpa-mais-um-motivo-para-visitar-amarante

F.C. do Porto Hóquei Patins - Com a vitória da tarde deste sábado, sobre o Sporting de Tomar, o FC Porto Fidelidade deu continuidade à hegemonia que vem construindo no que ao hóquei em patins nacional respeito.



«O QUINTO TÍTULO CONSECUTIVO A NÍVEL INTERNO

Revalidação da Supertaça seguiu-se ao triunfo no Campeonato e à revalidação da Taça de Portugal.

Com a vitória da tarde deste sábado, sobre o Sporting de Tomar (7-3), o FC Porto Fidelidade deu continuidade à hegemonia que vem construindo no que ao hóquei em patins nacional respeito. A equipa de Guillem Cabestany somou o seu quinto título interno consecutivo, entre duas Supertaças António Livramento, duas Taças de Portugal e um Campeonato.

O pecúlio azul e branco na era de Guillem Cabestany teve início na edição de 2015/16 da Taça de Portugal, com um triunfo sobre o Benfica (4-2), e desde esse dia a formação orientada pelo treinador catalão não parou de ganhar em Portugal. A época seguinte abriu com uma espetacular vitória, de novo sobre o Benfica, por 13-7, na Supertaça, e com um emocionante título de campeão nacional, fechado apenas na derradeira jornada. Esse ano, o de 2016/17 não terminaria sem nova conquista, o tão ansiado triplete, confirmado com um triunfo claro sobre o Sporting de Tomar (5-1)​, para levantar o quarto troféu consecutivo.

Esta caminhada triunfante continuou na tarde deste sábado, no Pavilhão Municipal do Entroncamento, de novo à custa do Tomar, que disputou este jogo pela primeira vez na sua história. Os Dragões venceram a 21.ª Supertaça (em 35 edições) do seu palmarés e alargaram a enorme vantagem que levam neste capítulo para o melhor perseguidor: o Benfica, que soma sete.

A equipa tomarense torna-se assim a mais recente vítima dos Dragões nesta competição em que o Benfica é o adversário favorito. São oito as taças ganhas frente aos encarnados, seguidas pelas três conquistadas diante do Sporting e da Oliveirense. Por uma ocasião foram derrotados o Óquei de Barcelos, a Sanjoanense, o Paço de Arcos, a Juventude de Viana, o Cambra e o HC Braga.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/O-quinto-t%C3%ADtulo-consecutivo-a-n%C3%ADvel-interno.aspx

F.C. do Porto Andebol: F.C. do Porto 44 vs HC Ohrid 26 - Depois dos 17 golos de vantagem trazidos da véspera (37-20), o FC Porto voltou a bater este domingo o HC Ohrid, no Dragão Caixa, e apurou-se para a terceira ronda de qualificação para a Taça EHF, a última antes da fase de grupos da prova.



«HC OHRID SEM ARGUMENTOS PARA DRAGÃO VORAZ

Segunda mão da segunda ronda de qualificação para a Taça EHF terminou com novo triunfo portista: 44-26

Depois dos 17 golos de vantagem trazidos da véspera (37-20), o FC Porto voltou a bater este domingo o HC Ohrid (44-26), no Dragão Caixa, e apurou-se para a terceira ronda de qualificação para a Taça EHF, a última antes da fase de grupos da prova.

Só uma hecatombe impediria a equipa do aniversariante Lars Walther (52 anos) de seguir em frente para a próxima fase, mas a primeira parte avassaladora do FC Porto transformou a segunda numa mera formalidade: 25-13 era a vantagem portista à ida para o descanso. A etapa complementar também se pintou em tons de azul e branco e os números finais refletem a supremacia do FC Porto em relação aos macedónios do HC Ohrid: 44-26.

“Este género de jogos são sempre mais difíceis porque tínhamos ganho por 17 na véspera. É difícil os jogadores estarem ao mesmo nível, com o mesmo nível de concentração, mas vi muitas coisas boas e creio que fizemos um bom jogo. O Miguel Martins esteve particularmente bem e é preciso não esquecer que tem apenas 19 anos. Estou feliz e acredito que estamos prontos para a próxima eliminatória. Ganhar é sempre importante e dá confiança”, afirmou Lars Walther, no final da partida, em declarações ao Porto Canal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-HC OHRID, 44-26
Taça EHF, 2.ª ronda de qualificação, 2.ª mão
15 de outubro de 2017
Dragão Caixa, no Porto

Árbitros: André Philipp Buache e Marco Meyer (Suíça)

FC PORTO: Alfredo Quintana e Hugo Laurentino; Victor Iturriza (6), Nikola Spelic (1), Yoel Morales (4), Miguel Martins (3), Ángel Hernández (3), Rui Silva (3), Daymaro Salina, José Carrillo (7), Diogo Branquinho (4), António Areia (2), Miguel Alves (5) e Aleksander Spende (6)
Treinador: Lars Walther

HC OHRID: Aleksander Stojanovski; Krste Andonoski, Martin Ivanoski, Jovica Mladenovski (2), Naum Kostov, Nikolce Risteski, Dervis Birdahic (2), Bojan Spasovski, Blagojce Trajvkovski, Daniel Andonoski (1), Lazar Adamovic (6), Josip Kezic, Slavisa Dimitrijeski (4), Tomislav Kljaic (3), Ivan Taseski (5) e Boban Blazeski (3)
Treinador: Goran Andonovski

Ao intervalo: 25-13» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/andebol-fcp-ohrid-qr2-2mao.aspx

Política de Educação - O Orçamento do Estado para 2018 caiu como um balde de água fria para os professores do básico e secundário.



«Governo não vai contabilizar nove anos e meio de trabalho dos professores para as progressões

Todo o período em que os professores do básico e secundário viram o seu tempo de serviço congelado que são nove anos e meio (entre 31 de agosto de 2005 a 31 de dezembro de 2007 e desde 1 de janeiro de 2011 até 31 dezembro de 2017) não vai ser tido em conta para efeitos de progressão na carreira a partir de 1 de janeiro de 2018. Salário vai ser o correspondente ao escalão em que estavam os professores na altura do congelamento.

O Orçamento do Estado para 2018 caiu como um balde de água fria para os professores do básico e secundário. Os nove anos e meio em que viram o seu tempo de serviço congelado não vai ser contabilizado para efeitos de progressão no próximo ano. O que significa que o salário dos professores a 1 de janeiro de 2018 vai ser o correspondente ao escalão em que estavam, quando foi congelada a sua carreira.  

Ou seja, o período em que os professores trabalharam durante o congelamento do tempo de serviço da função pública - entre 31 de agosto de 2005 a 31 de dezembro de 2007 e desde 1 de janeiro de 2011 até 31 de dezembro de 2017 - não será tido em conta. A contagem será retomada desde que a sua carreira foi congelada, desde 2005 ou desde 2011.  

É que a proposta de lei do OE/2018 que foi ontem entregue no parlamento pelo ministro das Finanças, Mário Centeno, apenas prevê o ajuste na progressão dos funcionários públicos, como resultado do descongelamento, para as carreiras que progridem por pontos.

Todos os outros funcionários que não progridem por pontos, como é o caso dos professores que têm regras específicas e progridem por contagem de tempo de serviço e por avaliação, não vão ver qualquer ajuste na progressão na sua carreira.

Desta forma, a carreira dos professores é descongelada a 1 de janeiro de 2018 tal como para toda a função pública, mas não vão ser contabilizados os 9 anos e meio em que estiveram com a progressão congelada.

Foi esta a indicação dada pela secretária de Estado da Administração Pública dada aos sindicatos que reuniram com as Finanças antes da entrega da proposta final do Orçamento do Estado ser entregue no parlamento, contou ao i Dulce Pinheiro que representa a Fenprof na Frente Comum.

A não contabilização de nove anos e meio do tempo de serviço dos professores, foi a forma encontrada pelo do governo para travar um disparo no aumento da despesa com os salários da função pública num contexto em que os docentes representam quase metade dos funcionários públicos.» in https://ionline.sapo.pt/artigo/584511/governo-nao-vai-contabilizar-nove-anos-e-meio-de-trabalho-dos-professores-para-as-progressoes?seccao=Portugal_i

15/10/17

F.C. do Porto Sub 15 Futebol: F.C. do Porto 5 vs Coimbrões 0 - A equipa de Sub-15 do FC Porto recebeu e bateu este domingo o Coimbrões, no Olival, em partida referente à oitava jornada da primeira fase do Campeonato Nacional de Juniores C.



«SUB-15 MANTÊM VEIA GOLEADORA FRENTE AO COIMBRÕES

Vitória por 5-0, no Olival, na oitava jornada da primeira fase do campeonato.

A equipa de Sub-15 do FC Porto recebeu e bateu este domingo o Coimbrões (5-0), no Olival, em partida referente à oitava jornada da primeira fase do Campeonato Nacional de Juniores C. Os Dragões seguem na liderança isolada da Série B, com 24 pontos em 24 possíveis, e na nona ronda têm um desafio muito especial, frente ao Dragon Force, também no Olival (22 de outubro, 11h00).

Os azuis e brancos entraram a todo o gás diante do Coimbrões e praticamente resolveram a questão na primeira parte: Martim Tavares (18m e 23m) e João Magalhães (28m) foram os principais responsáveis pelo 3-0 registado ao intervalo. Na etapa complementar, novamente João Magalhães (53m) e Ruben Ferreira, este já em período de compensação (70m+3), fecharam as contas da vitória do FC Porto.

Os Sub-15 portistas, comandados por Tulipa, alinharam com Cláudio Sousa, João Sérgio (Leonardo Costa, ao intervalo), David Vinhas, Tiago Antunes, Marco Cruz, David Vieira (Tiago Carvalho, ao intervalo), Martim Tavares (João Ferreira, ao intervalo), Francisco Ribeiro, Lucas Cândido (Ricardo Rei, 57m), Ruben Ferreira e João Magalhães (Gonçalo Guimarães, 64m).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/sub-15fcp-coimbroes-151017.aspx

F.C. do Porto Andebol: HC OHRID 20 vs F.C. do Porto 37 - FC Porto bateu o HC Ohrid por uns expressivos na primeira mão da segunda ronda de qualificação para a Taça EHF.



«VITÓRIA FOLGADA NA ESTREIA EUROPEIA

FC Porto bateu o HC Ohrid por uns expressivos 37-20 na primeira mão da segunda ronda de qualificação para a Taça EHF.

O FC Porto deu este sábado um passo importante rumo ao apuramento para a terceira ronda de qualificação para a Taça EHF, ao vencer, no Dragão Caixa, os macedónios do HC Ohrid por uns claros 37-20. Os azuis e brancos entrarão, assim, com uma vantagem confortável de 17 golos na segunda mão desta segunda ronda de qualificação, em que jogarão na condição de visitados, e que se disputa já este domingo, novamente no pavilhão portista (15h00, Porto Canal).

Na antevisão​ da estreia nas competições europeias nesta época, o treinador Lars Whalter assumiu o favoritismo dos Dragões frente a um adversário sem expressão internacional, mas a verdade é que o HC Ohrid, terceiro classificado da liga macedónia, entrou apostado em contraria-lo e chegou a ter, no início da partida, uma vantagem de três golos, tirando proveito de alguma permeabilidade na defesa e de alguns ataques precipitados por parte dos azuis e brancos.

Os alarmes soaram no banco do FC Porto e, quando ainda não se tinha cumprido o primeiro quarto de hora de jogo, o técnico dinamarquês viu-se obrigado a pedir um time out, que acabou por ter consequências quase imediatas dentro das quatro linhas. Os portistas começaram a explorar a falta de velocidade da equipa macedónia através de vários contra-ataques e, com um parcial de 6-0, depressa conseguiram retomar a liderança do encontro e, ao intervalo, venciam por uma margem quatro golos (16-12).

Na segunda parte, a história do jogo foi bem diferente. Os Dragões entraram determinados em construir uma vantagem confortável, impuseram um ritmo demasiado forte que o HC Ohrid, com uma evidente quebra física, não foi capaz de acompanhar e fizeram refletir no marcador a diferença de potencial entre as duas equipas. Ao fim de oito minutos, era já de oito golos a vantagem, que foi sendo naturalmente ampliada até a buzina soar pela última vez perante um adversário que conseguiu dar réplica apenas na primeira meia hora.

No final, Lars Whalter era um treinador satisfeito com a exibição da equipa, sobretudo no segundo tempo: “Entrámos a jogar de uma forma muita lenta, permitindo que o adversário fizesse o seu jogo, concedendo-lhes golos fáceis. Corrigimos os erros e conseguimos ir para o intervalo na frente. Na segunda parte, jogámos bem, aproveitámos a quebra física do HC Orid e construímos uma boa vantagem para a segunda mão. Amanhã não poderão ser só 42 minutos bons, terão que ser 60”.

Pode consultar aqui mais informações sobre os bilhetes para o segundo jogo com os macedónios.

FICHA DE JOGO

HC OHRID-FC PORTO, 20-37
Taça EHF, 2.ª ronda de qualificação, 1.ª mão
14 de outubro de 2017
Dragão Caixa, no Porto

Árbitros: André Philipp Buache e Marco Meyer (Suíça)

HC OHRID: Aleksander Stojanovski; Krste Andonoski (1), Martin Ivanoski, Jovica Mladenovski (1), Naum Kostov, Nikolce Risteski, Dervis Birdahic (4), Bojan Spasovski, Blagojce Trajvkovski, Daniel Andonoski, Lazar Adamovic (3), Josip Kezic (1), Slavisa Dimitrijeski (4) e Tomislav Kljaic (2) 
Treinador: Goran Andonovski

FC PORTO: Alfredo Quintana e Hugo Laurentino; Victor Iturriza (2), Nikola Spelic (4), Yoel Morales (2), Miguel Martins (2), Angel Zulueta (5), Rui Silva, Daymaro Salina (2), José Carrillo (7), Diogo Branquinho (1), António Areia (6), Miguel Alves (3) e Aleksander Spende (3)
Treinador: Lars Whalter

Ao intervalo: 12-16» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/HC-Ohrid-FC-Porto-1a-mao-2a-RQ-Taca-EHF-1718.aspx

F.C. do Porto Desporto Adaptado - Em representação da seleção nacional, o atleta de boccia do FC Porto Tiago Tavares conquistou a medalha de ouro na categoria de BC3, tanto a nível individual como em partes - em que fez dupla com Luís Costa - nos Para Youth Games, que decorrem até este domingo em Itália.



«BOCCIA: TIAGO TAVARES CONQUISTA MEDALHA DE OURO EM ITÁLIA

Atleta do FC Porto representa a seleção nacional nos Para Youth Games, em Itália.

Em representação da seleção nacional, o atleta de boccia do FC Porto Tiago Tavares conquistou a medalha de ouro na categoria de BC3, tanto a nível individual como em partes - em que fez dupla com Luís Costa - nos Para Youth Games, que decorrem até este domingo em Itália.

A nível individual, na fase de grupos, Tiago Tavares venceu o colega de seleção por 5.4, o eslovenio Skof por 19.0, o italiano Marchiso por 14.1, sendo que perdeu apenas com o italiano Garavaglia num parcial de desempate. Na final venceu Luís Costa por 6.4.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/boccia_141017.aspx

F.C. do Porto Desporto Adaptado - O portista Fábio Ramalho, ao servição da seleção portuguesa de ténis de mesa, conquistou a medalha de bronze nos Campeonatos Internacionais SU-DS para atletas com Síndrome de Down, que estão a decorrer em Vila Nova de Gaia.



«DESPORTO ADAPTADO: BRONZE PARA O PORTISTA FÁBIO RAMALHO

Atleta dos Dragões ajudou Portugal a chegar ao pódio no ténis de mesa.

O portista Fábio Ramalho, ao servição da seleção portuguesa de ténis de mesa, conquistou a medalha de bronze nos Campeonatos Internacionais SU-DS para atletas com Síndrome de Down, que estão a decorrer em Vila Nova de Gaia.

Além de Fábio Ramalho no ténis de mesa, o FC Porto também está representado por João Duarte no basquetebol. Este evento engloba o 4.º Campeonato da Europa Open de Atletismo IAADS, o 1.º Campeonato da Europa Open de Judo JUDOWN, o 1.º Campeonato da Europa Open de Ténis de Mesa ITTADS e o Challenge Internacional de Basquetebol 3x3 IBA21.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Desporto-Adaptado-Bronze-para-o-portista-Fabio-Ramalho.aspx

14/10/17

F.C. do Porto Hóquei Patins: F.C. do Porto Fidelidade 7 vs Sporting de Tomar 3 - O FC Porto Fidelidade conquistou este sábado a 21.ª Supertaça António Livramento depois de bater o Sporting de Tomar, no Pavilhão Municipal do Entroncamento.



«CAMPEÃO INSACIÁVEL LEVANTA A SUPERTAÇA

FC Porto levou a melhor sobre o Sporting de Tomar (7-3) e conquistou o primeiro troféu da época.

O FC Porto Fidelidade conquistou este sábado a 21.ª Supertaça António Livramento depois de bater o Sporting de Tomar, por 7-3, no Pavilhão Municipal do Entroncamento. Este foi, tão-somente, o quinto título consecutivo da equipa comandada por Guillem Cabestany: duas Supertaças António Livramento, duas Taças de Portugal e um Campeonato perfazem o pecúlio portista a nível interno nos últimos tempos.

O espírito de conquista deste FC Porto ficou bem evidente desde o início, tal a entrada autoritária que os Dragões protagonizaram frente ao Sporting de Tomar, que logo aos cinco minutos se viu em desvantagem. Jorge Silva, oportuno como sempre, abriu o ativo para os azuis e brancos num lance pleno de classe, a mesma classe com que Hélder Nunes aumentou para 2-0 após combinação deliciosa com Gonçalo Alves (10m).

Gonçalo Alves também fez o gosto ao stick da marca de grande penalidade (17m) e Hélder Nunes bisou (20m) pouco antes de Paulo Passos reduzir para o Sporting de Tomar (21m), estabelecendo o 4-1 com que as equipas recolheram aos balneários. Os Dragões surgiram algo apáticos após o descanso e a equipa de Tomar aproveitou para reduzir distâncias por intermédio de Hernâni Diniz (30m e 31m), mas Gonçalo Alves respondeu logo a seguir (31m.)

O jogo tornou-se mais disputado a partir daqui e Carles Grau desempenhou um papel importante no momento de segurar a vantagem portista: o guarda-redes defendeu uma grande penalidade e um livre direto que permitiram ao Sporting de Tomar voltar a encostar no marcador. Do outro lado, Hélder Nunes não perdoou e chegou ao hat-trick (47m), dissipando qualquer dúvida que pudesse subsistir quanto ao vencedor do encontro. Rafa fechou as contas (50m) e a Supertaça António Livramento ficou bem entregue.

FICHA DE JOGO 

FC PORTO FIDELIDADE-SPORTING DE TOMAR, 7-3
Supertaça António Livramento
14 de outubro de 2017
Pavilhão Municipal do Entroncamento

Árbitros: Rui Torres e Paulo Rainha

FC PORTO FIDELIDADE: Carles Grau (g.r.), Hélder Nunes (cap.), Reinaldo Garcia, Gonçalo Aves e Jorge Silva
Suplentes: Diogo Brandão (g.r.), João Lima, Ton Baliu, Álvaro Morais e Rafa 
Treinador: Guillem Cabestany

SPORTING DE TOMAR: Diogo Alves (g.r.), João Lomba, Ivo Silva (cap.), João Alves e Pedro Martins
Suplentes: Marco Gaspar (g.r.), João Sardo, Hernâni Diniz, Paulo Passos e Alexandre Marques
Treinador: Nuno Domingues

Ao intervalo: 4-1
Marcadores: Jorge Silva (5m), Hélder Nunes (10m, 20m e 47m), Gonçalo Alves (17m, 31m), Paulo Passos (21m), Hernâni Diniz (30m, 31m), Rafa (50m)» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Hoquei-FC-Porto-Sporting-Tomar-Supertaca-1718.aspx

F.C. do Porto Sub 19 Futebol: F.C. do Porto1 vs Cesarense 0 - A equipa de Sub-19 do FC Porto recebeu e bateu este sábado o Cesarense, no Olival, em partida da sétima jornada da primeira fase do Campeonato Nacional de Juniores A.



«SUB-19 BATEM CESARENSE NO OLIVAL

Dragões somaram a sexta vitória (1-0) em sete jogos e continuam a liderar a Zona Norte do campeonato.

A equipa de Sub-19 do FC Porto recebeu e bateu este sábado o Cesarense (1-0), no Olival, em partida da sétima jornada da primeira fase do Campeonato Nacional de Juniores A. Os Dragões lideram a Zona Norte, com 19 pontos, e centram agora atenção na UEFA Youth League: na terça-feira há jogo em casa do Leipzig (14h00), a contar para a terceira ronda do Grupo G.

O desafio frente ao Cesarense começou por ser tudo menos fácil, e a realidade é que o nulo se prolongou até ao intervalo e por pouco não foi resultado final. Na etapa complementar, já em período de compensação, o capitão Paulo Estrela assinou o triunfo dos Dragões da marca de grande penalidade, dando justiça a um encontro amplamente dominado pelos azuis e brancos (90m+3).

Os Sub-19 portistas, comandados por João Brandão, alinharam com Ricardo Silva, Mamadu Lamba, Pedro Justiniano, Fábio Borges, Diogo Bessa, Paulo Estrela (cap.), Vítor Ferreira, Romário Baró (Fábio Vieira, ao intervalo), Jorge Teixeira, João Mário (Mateus Santos, ao intervalo) e Vasco Paciência (Junior Maleck, 67m).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Sub19-FC-Porto-Cesarense-7a-jor-1a-fase-CNJA-1718.aspx

Desporto Corrupção - O Tribunal Cível do Porto recusou dar razão ao Benfica no caso dos e-mails, ao pedir que o F. C. Porto fosse proibido de continuar a divulgar mensagens alegadamente comprometedoras.



«F.C. Porto pode continuar a divulgar e-mails do Benfica

O Tribunal Cível do Porto recusou dar razão ao Benfica no caso dos e-mails, ao pedir que o F. C. Porto fosse proibido de continuar a divulgar mensagens alegadamente comprometedoras.

Desta forma, os azuis e brancos pode continuar, através do seu diretor de Comunicação, Francisco J. Marques, a divulgar as mensagens sem restrições

A sentença do juiz Fernando Cabanelas recusa a ideia, defendida pelo Benfica, de que possa estar em causa uma situação de "concorrência desleal", entre os rivais, pelo menos no sentido jurídico, já que a clientela ou os adeptos não se transferem entre clubes.

O magistrado refere também que o Benfica não demonstrou que os contratos com os seus patrocinadores estão em perigo.

Quanto ao alegado acesso ilícito às mensagens - que o F. C. Porto nega, alegando que recebeu documentos de forma anónima -, o juiz refere que tal questão só pode ser averiguada no foro da investigação criminal e não num tribunal cível.

Recorde-se que o Benfica tinha intentado em tribunal um procedimento cautelar visando impedir o F. C. Porto, a SAD, o F. C. Porto Media, a Avenida dos Aliados (sociedade proprietária do Porto Canal) e Francisco J. Marques de divulgar novos e-mails.

A SAD do clube da Luz pretendia que a proibição fosse decretada sem os cinco réus serem ouvidos, sendo condenados a pagar um milhão de euros por cada violação. O juiz não aceitou proibir em antecipação e sem contraditório, pelo que ordenou a notificação dos portistas para apresentarem contestação. A sentença surge agora.

Paralelamente, o caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária, por suspeitas de corrupção desportiva, tendo sido tornado público que foram programadas buscas a Luís Filipe Vieira e outros responsáveis do Benfica. Porém, não foi obtida a necessária autorização de um juiz de instrução criminal.» in https://www.jn.pt/justica/interior/benfica-perde-processo-dos-e-mails-8840855.html

Taça de Portugal: Lusitano de Évora 0 vs F.C. do Porto 6 - O FC Porto está na quarta eliminatória da Taça de Portugal depois de bater esta sexta-feira o Lusitano de Évora (6-0), no Estádio do Restelo, em partida referente à terceira eliminatória da prova.



«MISSÃO CUMPRIDA COM GOLEADA

FC Porto venceu o Lusitano de Évora (6-0) e qualificou-se para a quarta eliminatória da Taça de Portugal.

O FC Porto está na quarta eliminatória da Taça de Portugal depois de bater esta sexta-feira o Lusitano de Évora (6-0), no Estádio do Restelo, em partida referente à terceira eliminatória da prova. Aboubakar (20m e 21m), Marcano (49m), Otávio (55m), Galeno (59m) e Hernâni (90m) apontaram os golos do triunfo portista na estreia dos Dragões na edição 2017/18 da Taça de Portugal.

Mesmo com oito alterações na equipa em relação ao onze que iniciou o último jogo oficial, frente ao Sporting, o FC Porto foi igual a si próprio nos primeiros 45 minutos do desafio frente ao Lusitano de Évora. Pressionantes, intensos e dinâmicos, os Dragões instalaram-se no meio-campo defensivo dos alentejanos e apertaram o cerco à baliza de Nuno Laurentino, irmão do nosso bem conhecido Hugo Laurentino. Numa dessas muitas investidas, Brahimi encontrou Aboubakar à entrada da área e o avançado camaronês, que na véspera renovou contrato até 2021, rematou rasteiro e cruzado para o nono golo da época (20m), abrindo o ativo em Belém.

A atravessar um momento excecional de forma, Aboubakar bisou segundos depois, servido com conta, peso e medida por Diogo Dalot: o jovem lateral cruzou de pé esquerdo e o 9 portista elevou para 2-0 com um magnífico golpe de cabeça, mesmo à ponta de lança (21m). O intervalo chegou com dois golos a separar as duas equipas, mas a diferença poderia muito bem ser maior, pese embora o esforço e o espírito combativo do Lusitano de Évora. A etapa complementar tinha tudo para ser quase uma formalidade, mas Sérgio Conceição avisou na antevisão que o FC Porto não ia tirar o pé do acelerador.

Num espaço de apenas dez minutos, os azuis e brancos aumentaram de 2-0 para 5-0 e sentenciaram de vez o encontro: Marcano (49m), Otávio (55m) e Galeno (59m) deram ainda mais força ao caudal ofensivo dos Dragões e deram maior amplitude à vantagem portista. O Lusitano de Évora ia fechando como podia os caminhos para a baliza de Nuno Laurentino, mas a velocidade de Otávio, Galeno e Hernâni ou a inteligência e simplicidade de Óliver Torres não davam descanso à formação alentejana. Já em cima do minuto 90, Hernâni fechou as contas com o golo da noite, de calcanhar, no célebre movimento à escorpião.

Vitória robusta e inequívoca do FC Porto, num jogo em que Sérgio Conceição aproveitou para fazer descansar alguns dos jogadores mais utilizados e para dar minutos a alguns jovens talentos da formação portista. Missão cumprida com goleada e uma palavra de louvor para o Lusitano de Évora, um digníssimo vencido.

VER FICHA DE JOGO» in 
http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/missao-cumprida-com-goleada-10-13-2017.aspx


Taça de Portugal (3ª Eliminatória): Resumo Lusitano Évora 0-6 FC Porto

F.C. do Porto - Foi indeferida a providência cautelar intentada pelo Benfica junto do Tribunal Cível da Comarca do Porto, com o objetivo de impedir o FC Porto e o seu diretor de comunicação e informação, Francisco J. Marques, de divulgar correspondência, nomeadamente a relacionada com emails com o domínio @slbenfica.pt.



«PROVIDÊNCIA CAUTELAR INDEFERIDA: O FC PORTO PODE CONTINUAR A DIVULGAR “EMAILS”

Juiz considera que “é inequívoco que algumas das afirmações (…) revestem manifesto interesse público”.

Foi indeferida a providência cautelar intentada pelo Benfica junto do Tribunal Cível da Comarca do Porto, com o objetivo de impedir o FC Porto e o seu diretor de comunicação e informação, Francisco J. Marques, de divulgar correspondência, nomeadamente a relacionada com emails com o domínio @slbenfica.pt. Os requerentes alegavam concorrência desleal, algo liminarmente posto de parte na sentença: “Considero, desta forma, que nenhum dos factos alegados consubstancia o preenchimento dos requisitos do instituto de concorrência desleal, única apreciação jurídica que nesta providência cautelar importa apreciar”.

O Tribunal Cível da Comarca do Porto considera ainda que está em questão “a ponderação que tem de ser feita sobre aquilo que poderá ser, na prática, uma hipotética censura a um meio de comunicação social” e que “é inequívoco que algumas das afirmações, a ser comprovada a sua veracidade, revestem manifesto interesse público, a despeito da forma como às vezes são transmitidas”. “A jurisprudência europeia vai no sentido de que, ainda que de caráter privado e sigiloso, a divulgação de informações deve encontrar proteção no direito à liberdade de expressão sempre que essa informação revista interesse público”, pode ler-se.

Quanto aos hipotéticos atos de concorrência desleal, “manifestamente não é concebível uma transferência de adeptos ou sócios de um clube para outro, pelo menos com dimensão significativa” e, em termos de repercussão económica, “não se mostra alegado qualquer facto que indicie, ou de onde se possa retirar a possibilidade, o potencial dano, de por força dos factos alegados, qualquer dos patrocinadores, nomeadamente a Fly Emirates, fazer cessar o seu patrocínio”. Quanto à associação de corrupção desportiva ao Benfica, frisa-se que o FC Porto também foi ligado a tal crime “por força de uma alegada lista alegadamente publicada pelo Daily Mail, conforme referido num programa da Benfica TV”.

Por último, “não é expectável que as audiências e publicidade do Porto Canal venham a ser majoradas por força da alegada descredibilização do Benfica”. A questão da licitude ou ilicitude na obtenção dos emails não é objeto nesta providência cautelar.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/providencia-cautelar-indeferida-o-FC-Porto-pode-continuar-a-divulgar-emails.aspx

13/10/17

Política de Saúde - A deteção de um cavalo infetado com o vírus do Nilo Ocidental, em Alcácer do Sal, levou a Autoridade de Saúde do Alentejo Litoral a recomendar à população medidas de prevenção contra as picadas de mosquitos.



«DETETADO VÍRUS DO NILO NO ALENTEJO. AUTORIDADES RECOMENDAM MEDIDAS DE PREVENÇÃO

A deteção de um cavalo infetado com o vírus do Nilo Ocidental, em Alcácer do Sal, levou a Autoridade de Saúde do Alentejo Litoral a recomendar à população medidas de prevenção contra as picadas de mosquitos.

"A situação [de infeção de um equídeo] foi identificada no âmbito das ações de vigilância dos serviços veterinários relativamente aos cavalos", disse a delegada de Saúde do Alentejo, Filomena Araújo, que esclareceu não existir informação de qualquer pessoa infetada até ao momento.

No entanto, para prevenir situações de eventual infeção, a Autoridade de Saúde do Alentejo Litoral emitiu esta semana um comunicado no sentido de "informar a população", bem como de divulgar "recomendações" de "medidas de proteção" em relação aos mosquitos, "que são os transmissores do vírus do Nilo".

Aplicar repelente de insetos, em particular ao amanhecer e entardecer, colocar o repelente após a aplicação do protetor solar, proteger janelas, carrinhos de bebé e berços com redes mosquiteiras, usar calças, camisolas de manga comprida e calçado fechado são as recomendações feitas pela entidade responsável pela Saúde Pública na região.

A Autoridade de Saúde recomenda ainda "eliminar os locais de reprodução de mosquitos, como poças e charcos". "Neste momento não temos informação de haver pessoas infetadas nem de ter mosquitos também identificados", indicou Filomena Araújo, que esclareceu estar em curso a nível nacional "um programa de vigilância de mosquitos que possam transmitir este tipo de doenças".

"Havendo esta ocorrência, importa-nos alertar as pessoas de modo a saberem como proceder para eventual risco", acrescentou a mesma responsável, que assegura que a "situação está sob controlo".

Vírus não se transmite de pessoa para pessoa

No site da Direção-Geral da Saúde (DGS), o organismo esclarece que o vírus não se transmite de pessoa para pessoa, mas “unicamente por picada de mosquito do género Culex” podendo, “em 20% das infeções, provocar doença febril com manifestações clínicas ligeiras, que raramente pode evoluir para meningite viral”.

A Direção-Geral de Veterinária aconselha a “evitar a frequência de zonas próximas de águas estagnadas, nomeadamente Estações de Tratamento de Águas Residuais ou áreas pantanosas, depósitos de pneus abandonados, jarras de cemitérios e jardineiras de vasos de plantas”.

É recomendando ainda à população em geral o uso de “repelentes de insetos ou sistemas elétricos para afastar mosquitos” e a adoção de “medidas de higiene ambiental que permitam eliminar águas estagnadas”.» in http://lifestyle.sapo.pt/saude/noticias-saude/artigos/autoridade-de-saude-recomenda-medidas-em-alcacer-do-sal-apos-detetar-virus-do-nilo?pagina=2

Amarante Mancelos - Freguesia de Casas Rurais lindíssimas implantadas em locais fantásticos, como aqui na Aradela, em Mancelos, Amarante.


(Amarante mancelos e a beleza das suas Casas Rurais)

Agricultura e Pescas - A poluição, aliada cada vez mais à seca, está a afetar a atividade piscatória no rio Tejo, originando o desaparecimento ou a escassez de peixes como a enguia ou o linguado.



«Poluição e seca estão a destruir a pesca no rio Tejo. No sábado, protesto chega a Lisboa

A poluição, aliada cada vez mais à seca, está a afetar a atividade piscatória no rio Tejo, originando o desaparecimento ou a escassez de peixes como a enguia ou o linguado.

Mais de 80% de Portugal continental encontrava-se em setembro em seca severa, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, que o caracterizou como mês “extremamente quente”. Neste período, o total de precipitação acumulado foi de 621,8 milímetros (70% do normal), sendo o 9.º valor mais baixo desde 1931.

A comunidade de pescadores da Póvoa de Santa Iria, concelho de Vila Franca de Xira (distrito de Lisboa) reconhece que esta situação climatérica “anómala” afeta a pesca no Tejo. Ainda assim, aponta o dedo à poluição do rio como o principal fator para a crise na atividade piscatória da região. Este é também o motivo de uma manifestação que o movimento Protejo organiza no sábado em Lisboa.

“A pesca no Tejo foi afetada em mais de 70%, 80%. É derivado da seca, mas também da poluição. Se formos ver, em todo lado se vê peixe morto. Até dá vontade de chorar de ver o Tejo assim”, diz à Lusa Jorge Sousa, que se dedica à arte da pesca há mais de quatro décadas na zona da Póvoa de Santa Iria.

Sem rodeios, o pescador queixa-se de que “no Tejo já não há nada que se pesque” e admite que “está cada vez mais difícil viver da pesca”. “Este ano como foi um ano muito seco, meto 50/50 [poluição e seca], mas nos outros anos é 70/30”, ressalva.

"Eu chegava a apanhar 800 quilos de corvina e hoje já não se apanha"

Junto a Jorge Sousa está Alfredo Vicente, um pescador de 68 anos que nasceu a bordo de uma bateira e diz conhecer “os segredos do Tejo” como ninguém. “Já não há aqui o que havia antigamente. Eu chegava a apanhar 800 quilos de corvina e hoje já não se apanha. Apanhava linguados, robalos e camarão. No Tejo há de tudo, mas tem é de ser estimado”, alerta, apontando o dedo às construções novas e às Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) que se foram instalando na região.

“Fizeram-se ETAR e o peixe desapareceu. Eu cheguei a apanhar baldes com sete, oito quilos aqui deste esgoto da Póvoa e hoje nem uma fataça se apanha. Eu não sei o que é que eles metem lá nas ETAR, mas o peixe desapareceu todo”, queixa-se.

As críticas são partilhadas pelo amigo e também pescador João Letra, de 70 anos, que também culpa as ETAR e as fábricas da destruição da pesca no Tejo. “Antigamente havia aqui na margem criação de peixe de toda a espécie. Era robalos, tainha, linguados, camarão, camarão negro, que deixou de existir. A poluição era lançada diretamente ao Tejo e fazia comida para os peixes. As ETAR agora tiram a comida. O tratamento que lhes dão não é bom para os peixes. Têm químicos”, queixa-se.

Já o pescador António José vê nos efeitos da seca uma “oportunidade para denunciar” os problemas de poluição que afetam o Tejo e que fizeram “desaparecer quase totalmente” peixes como a enguia, que antes “existia com fartura”. “Costuma dizer-se que Deus escreve direito por linhas tortas. A seca pode servir para denunciar a olho nu a poluição, que é brutal, sobretudo a montante do Tejo. Agora com a seca esses efeitos são mais visíveis”, sublinha, referindo que “a procura de peixe é muito superior à oferta”.

Enquanto descansam e recuperam forças para daqui a umas horas voltarem ao rio, os pescadores fitam os olhos no Tejo e nas poucas embarcações que ainda lá resistem, desejando que consigam sobreviver continuando a fazer aquilo que mais gostam e lhe dá prazer.

“Isto está mesmo duro. Eu vivo da pesca, tenho um filho com 40 anos, uma filha com 45 anos, que vende peixe no mercado de Vila Franca de Xira, e não querem ser pescadores porque já não há peixe e o gasóleo que iriam gastar não compensa”, afirma, com um ar cansado e abatido, Alfredo Vicente.

A manifestação que o Protejo – Movimento pelo Tejo organiza no sábado na capital decorre a partir das 15:00 entre o Cais do Sodré e o Terreiro do Paço, visando apelar ao Governo para agir com eficácia e determinação na contenção dos agentes poluidores.» in http://24.sapo.pt/atualidade/artigos/poluicao-e-seca-estao-a-destruir-a-pesca-no-rio-tejo-no-sabado-protesto-chega-a-lisboa

Plantas - Em Portugal, de acordo com o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, existem exemplares das mais diversas espécies, destacando-se três oliveiras com idades compreendidas entre os 2000 e os 3500 anos, sendo que a árvore portuguesa mais antiga está situada em Santarém e tem 3350 anos.



«Três árvores portuguesas entre as mais antigas do mundo

Conheça as árvores mais antigas do planeta e saiba onde estão localizadas há milhares de anos, sobrevivendo às mais adversas mudanças climáticas.

É nas Montanhas Brancas, na Califórnia, Estados Unidos da América, que vive a árvore mais antiga do mundo, um pinheiro da espécie "pinus", com atualmente 5067 anos de idade. A localização exata do pinheiro é mantida em segredo pelo Serviço Florestal dos EUA, para evitar atos de vandalismo.

Além da "pinus longaeva", a lista das árvores mais antigas do planeta conta também com um cipreste-da-patagónia encontrado no Chile, com 3627 anos, e uma figueira-dos-pagodes de 2222 anos, descoberta no Sri Lanka.

Em Portugal, de acordo com o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, existem exemplares das mais diversas espécies, destacando-se três oliveiras com idades compreendidas entre os 2000 e os 3500 anos. A árvore portuguesa mais antiga está situada em Santarém e tem 3350 anos.» in https://www.jn.pt/mundo/interior/tres-arvores-portuguesas-entre-as-mais-antigas-do-mundo-8834407.html


( A mãe de todas as árvores, a mais antiga árvore de Portugal tem 3350 anos)

12/10/17

Ambiente e Ecologia - Os cientistas do Observatório para o Clima e Carbono do Oceano Austral (SOCCOM na sigla original) descobriram na Antártida um buraco na cobertura de gelo do Oceano Antártico com mais de 77 mil km2, sendo um pouco maior que a Irlanda.



«Antártida. Descoberto buraco no gelo maior que a Irlanda
José Macário

Tem mais de 77 mil km2 o buraco que os cientistas do SOCCOM descobriram na cobertura de gelo na Antártida. É maior descoberto desde 1970 e os cientistas desconhecem os efeitos a longo prazo.

Os cientistas do Observatório para o Clima e Carbono do Oceano Austral (SOCCOM na sigla original) descobriram na Antártida um buraco na cobertura de gelo do Oceano Antártico com mais de 77 mil km2, sendo um pouco maior que a Irlanda. Desde 1970, quando foi descoberta uma polínia (área de água aberta no meio do gelo fixo) que chegou aos 778 mil quilómetros quadrados, que não se assistia a este fenómeno.

Os cientistas desconhecem para já qual o impacto desta polínia no clima e no oceano antártico, nem conseguem precisar se este fenómeno deriva das alterações climáticas, afirma Kent Moore, professor de física da Universidade de Toronto, à National Geographic: “Não percebemos realmente quais são os efeitos a longo prazo desta polínia.” “É notável que esta polínia tenha desaparecido durante 40 anos e regressado”, acrescenta Moore, concluindo: “Durante o inverno, durante mais de um mês, tivemos esta área em mar aberto”.

Estes fenómenos – polínias – ocorrem porque a água profunda do oceano antártico é mais quente e salgada que a da superfície. Quando as correntes trazem a água mais quente para perto da superfície, esta derrete as camadas de gelo, criando um ciclo que dificulta a formação de novas camadas de gelo nas polínias: quando a água quente entra em contacto com a atmosfera fria, arrefece e desce. Uma vez no fundo do mar volta a aquecer e, consequentemente, a subir.» in http://www.jornaleconomico.sapo.pt/noticias/antartida-descoberto-buraco-no-gelo-maior-que-a-irlanda-219870


(Un colosal iceberg de un billón de toneladas se desprende de la Antártida)


(Se Desprendio Iceberg De La Antartida ¿Cuales Pueden Ser las Consecuencias?)


(ASI ES EL GIGANTESCO ICEBERG QUE SE DESPRENDIÓ DE LA ANTÁRTIDA)

F.C. do Porto Atletas Internacionais - Vincent Aboubakar renovou contrato com o FC Porto até 30 de junho de 2021, num acordo que não altera o valor da cláusula de rescisão, fixada em 50 milhões de euros..



«ABOUBAKAR RENOVA ATÉ 2021

Avançado internacional camaronês prolongou o vínculo que o liga ao FC Porto.

Vincent Aboubakar renovou contrato com o FC Porto até 30 de junho de 2021, num acordo que não altera o valor da cláusula de rescisão, fixada em 50 milhões de euros.

Além de prolongar o vínculo com o avançado internacional camaronês, de 25 anos, o FC Porto adquiriu mais 60 por cento dos direitos económicos do jogador ao Lorient, por 7,2 milhões de euros, passando a deter agora 100 por cento.

Aboubakar, em destaque na mais recente edição da revista Dragões, é o melhor marcador do FC Porto na presente temporada, com um total de oito golos (seis na Liga NOS e dois na Liga dos Campeões).

O acordo foi anunciado pelo administrador Fernando Gomes, na apresentação das contas da SAD relativas à época 2016/17: "O presidente encabeçou esta negociação com os agentes do atleta e com o Lorient. Não foi nada fácil". O responsável financeiro dos Dragões explicou ainda que o negócio é uma "boa forma" de demonstrar que "não há nenhum condicionamento por parte do acordo de fair play financeiro com a UEFA" em "relação à compra e venda de jogadores", excetuando a regra de apenas se poder gastar em passes um valor igual ou inferior ao recebido por vendas, na respetiva janela de transferências.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/compra-e-renovacao-de-aboubakar.aspx

História - Margaretha Zelle, conhecida como Mata Hari, tinha 27 anos quando chegou a Paris em novembro de 1903.




«Mata Hari foi fuzilada há 100 anos. O mito continua vivo

Mata Hari foi fuzilada a 15 de outubro de 1917. Tinha 41 anos e foi acusada de ser uma agente dupla prussiana e francesa em plena Primeira Guerra Mundial. Cem anos depois, o mito sobre esta bailarina e mulher fatal continua vivo.

Margaretha Zelle, conhecida como Mata Hari, tinha 27 anos quando chegou a Paris em novembro de 1903. Deixou a sua Holanda natal, após se divorciar do marido, Rudolf Mac Leod, um oficial da Marinha 20 anos mais velho que ela. Partiu em busca de fortuna e fez tentativas fracassadas como modelo do pintor Octave Guillonnet.

Começou então a dançar em salões privados com o cognome de Lady Mac Leod, antes de ficar famosa como Mata Hari ("o Sol" em malaio) com "danças indianas", apesar de nada saber  sobre elas. Apenas as imaginava, sustentada nas memórias da época em que viveu com o marido nas Antilhas Holandesas.

Emile Guimet, fundador do museu parisiense de artes asiáticas, abriu-lhe a sua sala de espetáculos para uma apresentação a 13 de maio de 1905. Começou vestida de princesa hindu e terminou nua. Foi o início de uma vida mundana que a transformou numa artista muito solicitada. Dizia ter nascido em Java e dançava como bem entendia, terminando sempre nua.

O sucesso das suas atuações foi passando boca a boca. E Mata-Hari acabou a dançar nos teatros parisienses da moda, do Folies-Bergère ao Olympia, e em outras capitais europeias. Só foi expulsa pelo diretor do Odeon por achar que não sabia dançar.

Viveu nos Champs Elysées, a principal avenida de Paris, onde foi cortesã, chegando a ter ministros entre os seus clientes.

Margaretha, Mata Hari e Agente H 21

Mas, de repente, explodiu a guerra. E, em 1915, Margaretha Zelle ou Mata Hari regressou à Holanda. No início de 1916, endividada pelo seu estilo de vida, aceitou que um diplomata alemão pagasse as suas dívidas em troca de informação. Tornou-se assim a agente H 21.

De volta a Paris, conheceu o capitão Ladoux, um oficial de contra-espionagem, que desconfiava dela. Por se relacionar com ministros, Mata Hari considerava-se intocável. Ladoux a incumbiu de diversas missões e vigiou-a. No verão de 1916, aumentaram as suspeitas quando ela se apresentou no serviço de informação do Exército francês a pedir um salvo-conduto para ir a Vittel, onde a França construía uma base aérea. Conseguiu o passe, mas foi o começo de seu fim.

Em janeiro de 1917, interceptaram uma mensagem da Alemanha que provava que H 21 era uma agente dupla. Segundo historiadores, os alemães sabiam que os franceses decifrariam o texto, o que significa que a abandonaram à própria sorte intencionalmente.

Foi detida a 13 de fevereiro no seu quarto no então Hotel Palácio do Eliseu (hoje sede do Executivo francês) e levada para a prisão de Saint-Lazare.

A 24 de julho, o conselho de guerra condenou-a à morte. O tenente André Mornet, no papel de procurador especial, admitiu posteriormente que não havia provas suficientes contra ela.

Perante o pelotão de fuzilamento, quando lhe perguntaram se tinha alguma revelação a fazer, Mata Hari respondeu: "Nenhuma e se tivesse alguma, guardaria para mim". A fama desta mulher foi de tal ordem que o seu nome foi usado ao longo das décadas para designar todas as cortesãs e espiãs. E inspirou cineastas, escritores e historiadores.» in http://24.sapo.pt/vida/artigos/mata-hari-foi-fuzilada-ha-100-anos-o-mito-continua-vivo


(Biografía Mata Hari)


(Mata Hari)


"La fin de Mata Hari" - (Mata Hari, la Vraie Histoire; 2003)

F.C. do Porto Basquetebol: F.C. do Porto 83 vs Bnei Herzliya 85 - O FC Porto perdeu esta quarta-feira frente ao Bnei Herzliya por dois pontos, no Dragão Caixa, mas reservou um lugar na fase de grupos da Taça da Europa da FIBA.



«LUGAR RESERVADO NA FASE DE GRUPOS DA TAÇA DA EUROPA DA FIBA

Dragões perderam frente ao Bnei Herzliya (85-83) mas seguem em frente na prova.

O FC Porto perdeu esta quarta-feira frente ao Bnei Herzliya (85-83), no Dragão Caixa, mas reservou um lugar na fase de grupos da Taça da Europa da FIBA. O triunfo por três pontos em Israel (68-65) acabou por ser decisivo e permitiu aos Dragões entrar diretamente no Grupo C, no qual também estarão Kapfenberg Bulls (Áustria), Kataja Basket (Finlândia) e Mornar Bar (Montenegro).

Os azuis e brancos protagonizaram uma boa entrada em jogo e desde cedo demonstraram estar dispostos a lutar pela eliminatória até ao último segundo, mas o Bnei Herzliya foi mais eficaz no primeiro período (24-21). As coisas mudaram radicalmente de figura nos segundos fez minutos e o FC Porto estabeleceram um parcial de 25-15, recolhendo aos balneários com sete pontos de vantagem sobre os israelitas e excelentes percentagens de lançamento (46-39).

Era de esperar que o Bnei Herzliya reentrasse forte após o intervalo e foi precisamente isso que aconteceu: foram os israelitas a chegar na frente ao quarto e decisivo período (66-63). Os últimos dez minutos foram verdadeiramente eletrizantes e de incerteza até ao fim, mas não tiraram o FC Porto da fase de grupos, pese embora a vitória israelita (85-83). Por tudo o que fizeram no cômputo geral da eliminatória, seria uma tremenda injustiça os Dragões não continuarem em prova.

“Perdemos, mas estou muito contente pois fomos melhores ao longo dos 40 minutos. No lance final, eles foram inteligentes e evitaram o prolongamento. A equipa trabalhou e jogou bem frente a um adversário de grande nível. É bom mantermo-nos na Europa e estou feliz por nos termos apurado diretamente. Quando jogamos com ambição, jogamos bem. Não estávamos na nossa máxima força, mas a equipa deu uma excelente resposta e isso dá ainda mais valor ao que fizemos”, afirmou Moncho López no final da partida, em declarações ao Porto Canal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-BNEI HERZLIYA, 83-85
Taça da Europa FIBA, 2.ª ronda de qualificação, 2.ª mão
11 de outubro de 2017
Dragão Caixa, Porto

Árbitros: Anthonie Sinterniklaas (Holanda), Zoran Mitrovski (Macedónia) e Hugues Thepenier (França)

FC PORTO: Pedro Pinto (11), Marcus Gilbert (5), Miguel Queiroz (8), Will Hanley (16) e Sasa Borovnjak (18)
Jogaram ainda: André Bessa, Pedro Bastos (13), Ferrán Ventura (3), António Monteiro (9), Miguel Miranda, Vladyslav Voytso e Keven Gomes
Treinador: Moncho López

BNEI HERZLIYA: Taurean Green (8), Shawn Dawson (14), Tom Maayan (2), Jeff Adrien (18) e Halil Kanacevic (13)
Jogaram ainda: Samuel Singer (7), Xavier Thames (11), Derrick Sharp, Amit Erlich, Noam Avivi, Alex Rosenberg (8) e Dominique Archie (4)
Treinador: Michael Gorke

Ao intervalo: 46-39
Parciais: 21-24, 25-15, 17-27, 20-19» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/basquetebol-fc-porto-bnei-herzliya-ta%C3%A7a-da-europa-FIBA-rq-2-mao.aspx


Basquetebol: FC Porto-Bnei Herzliya, 83-85 (Taça da Europa da FIBA, 2.ª RQ, 2.ª mão, 11/10/17)

11/10/17

Amarante Literatura - O poeta do saudosismo foi nomeado para o Nobel da Literatura em 1942, 1943, 1944, 1947 e 1948, sempre por João António de Mascarenhas Júdice, visconde de Lagoa e membro da Academia Portuguesa na secção de Humanidades.



«Teixeira de Pascoaes 

O poeta do saudosismo foi nomeado para o Nobel da Literatura em 1942, 1943, 1944, 1947 e 1948, sempre por João António de Mascarenhas Júdice, visconde de Lagoa e membro da Academia Portuguesa na secção de Humanidades. O arquivo do comité Nobel não revela as obras em causa. (in Fotobiografia "Na Sombra de Pascoaes" de Maria José Teixeira de Vasconcelos)

A 12 de Abril de 1923, Pascoaes e Raul Brandão são eleitos para a Academia de Ciências de Lisboa. Júlio Dantas, David Lopes e Henrique Lopes de Mendonça (relator) assinam o parecer onde se afirma que "Pascoaes é da raça excelsa de poetas que têm como remotos antepassados Hesíodo e Lucrécio, e cuja suprema representação, nas auroras do romantismo, é porventura Shelley."» in https://ionline.sapo.pt/583625

Arte Pintura - A Christie's anunciou que vai leiloar, a 15 de novembro, "Salvator Mundi", o último quadro do génio renascentista Leonardo da Vinci em mãos privadas e a leiloeira espera espera obter 100 milhões de dólares com a venda da obra.



«Último quadro de Da Vinci na posse de privados vai a leilão

A Christie's anunciou que vai leiloar, a 15 de novembro, "Salvator Mundi", o último quadro do génio renascentista Leonardo da Vinci em mãos privadas. A leiloeira espera espera obter 100 milhões de dólares com a venda da obra.

"Salvator Mundi", tem 65 centímetros por 45 centímetros, e é um óleo pintado aproximadamente no ano 1500 que apresenta Jesus como salvador do mundo.

"Salvator Mundi é uma pintura da figura mais icónica no mundo, do artista mais importante de todos os tempos. A oportunidade de oferecer isto ao mercado é uma honra que chega apenas uma vez na vida", disse Loic Gauzer, especialista em arte da Christie's em Nova Iorque.

Uma terceira parte envolvida ofereceu já uma garantia sobre o quadro, o que significa que este será vendido por pelo menos 100 milhões de dólares, explicou à AFP François de Poortere, responsável de quadros antigos na Christie's de Nova Iorque. A obra "foi pintada na mesma época que a Mona Lisa, com a qual apresenta uma semelhança de composição patente. Leonardo era uma força criativa incomparável, e um mestre do enigma. Quando se para em frente destas pinturas, é impossível para a mente decifrar ou compreender totalmente o mistério que irradia delas", acrescentou.

Antes do leilão, o quadro será exposto em Hong Kong, São Francisco e Londres.

A obra "Sixty Last Suppers" (Sessenta últimas ceias), do pintor americano Andy Warhol, que representa 60 vezes "A última ceia" de Da Vinci, será vendida na mesma noite do 15 de novembro. O preço é estimado em 50 milhões de dólares.» in http://24.sapo.pt/vida/artigos/ultimo-quadro-de-da-vinci-na-posse-de-privados-vai-a-leilao


("Salvator Mundi" a newly rediscovered painting by Leonardo Da Vinci.)


(Leonardo da Vinci's Salvator Mundi and the Divine Proportion)


(video world 2011 11 07 leonardo-da-vinci-christ-robert-simon)
Pin It button on image hover