31/08/12

Amarante Pintura - ”A minha aldeia” é o tema da exposição de pintura de Fernando Barros que estará patente ao público, a partir da próxima terça-feira e até 30 de Setembro, na Galeria de Exposições Tinturaria, na Covilhã!

foto



«Fernando Barros mostra “A minha aldeia” na Tinturaria

”A minha aldeia” é o tema da exposição de pintura de Fernando Barros que estará patente ao público, a partir da próxima terça-feira e até 30 de Setembro, na Galeria de Exposições Tinturaria, na Covilhã. 

O pintor nasceu em Amarante em 1951, e iniciou-se no desenho e na pintura ainda durante a adolescência. 

O sentido da sua obra conheceu um novo capítulo quando começou a expor em exibições coletivas. 

A mostra pode ser visitada de terça a domingo, entre as 14 e as 20 horas, e a entrada é gratuita.» in http://www.ointerior.pt/noticia.asp?idEdicao=669&id=36707&idSeccao=8658&Action=noticia

Desporto Futebol - Sorteio da Taça de Portugal, resultou num Amarante F.C. vs CCD Santa Eulália Vizela, que se disputará no dia 16 de Setembro!



«TAÇA: Vizela joga no Restelo e CCD em Amarante

Vizela tem pela frente uma deslocação a casa de Os Belenenses, onde a época passada se despediu da Taça de Portugal. Santa Eulália joga em Amarante (adversário do Vizela este domingo para o campeonato).

Taça sorteada

Sexta-Feira , 31 Agosto 2012

O Auditório Manuel Quaresma da Sede da Federação Portuguesa de Futebol acolheu, esta sexta-feira, o sorteio da segunda eliminatória da Taça de Portugal que irá ser disputada a 16 de Setembro de 2012.

Eis os 48 encontros ditados pelo sorteio:

Aliados do Lordelo - Sertanense FC
AD Oeiras - FC Oliveira do Hospital
CD Fátima - SC Pombal
Atlético SC de Reguengos de Monsaraz - AD Grijó
FC Pedras Rubras - SC Marítimo da Graciosa
Desportivo de Monção - Eléctrico FC Ponte de Sor
Vencedor do jogo Varzim SC-FC Marinhas* - SC Bustelo
Casa Pia AC - FC Penafiel
Santa Maria FC - CD Pinhalnovense
SC Mirandela - SL Cartaxo
SC Praiense - Gondomar SC
SC Lourinhanense - Louletano DC
AC Vila Meã - ADRC Aguiar da Beira
Académico de Viseu FC - Portimonense SC
CF União da Madeira - Sport Benfica e Castelo Branco
SC Freamunde - SC Salgueiros 08
GD Sourense - FC Pampilhosa
Futebol Benfica - AD Fafe
GD Ribeirão - Grupo União Sport
SC Covilhã - CD Cinfães
Vitória FC do Pico - Anadia FC
GD Chaves - FC Tirsense
CD Feirense - Padroense FC
SC Barreiro - CF União de Lamas
CA Pero Pinheiro - SU 1º de Dezembro
GD Lagoa - CD Tondela
FC Arouca - CD Trofense
CD Aves - CD Estarreja
AA Avanca - SC Espinho
Vilaverdense FC - Académico de Felgueiras
AC Alcanenense - AD Oliveirense
GD Fabril do Barreiro - União SC de Paredes
Amarante FC - CCD Santa Eulália Vizela
CDR Quarteirense - SC Farense
SC Melgacense - AD Ponte da Barca
Vencedor do jogo UD Leiria-Boavista * - Vencedor do Jogo CD Torres Novas-CDd Ribeira Brava *
Operário - Caldas SC
UD Tocha - AD Nogueirense
GD Tourizense – C Oriental de Lisboa
AD ‘Os Limianos’ - Amora FC
UD Sousense - SC Coimbrões
“Os Belenenses” - FC Vizela
Leixões SC - Leça FC
UD Oliveirense - SU Sintrense
CF Vasco da Gama - Santa Clara Açores
SC Penalva do Castelo- GD Peniche
UD Sampedrense - SC Sacavenense
Atlético CP - Naval

* Jogo agendado para 9 de Setembro de 2012» in http://www.digitaldevizela.com/2012/08/taca-vizela-joga-no-restelo-e-ccd-em.html

Ambiente e Ecologia - Um estudo recente indica que o derretimento da camada de gelo da Antártica poderá libertar biliões de toneladas de gás metano!



«Antártica pode estar a reter um vasto reservatório de metano

Um estudo recente indica que o derretimento da camada de gelo da Antártica poderá libertar biliões de toneladas de gás metano.

A camada de gelo da Antártica pode estar a prender um vasto reservatório de gás metano. Este potente gás de estufa pode ser liberto em grandes quantidades à medida que a camada de gelo vai derretendo, agravando o aquecimento global. 

O metano terá origem na matéria orgânica retida há cerca de 35 milhões de anos e convertida em metano por acção dos microorganismos em condições de baixas concentrações de oxigénio.

Um trabalho de modelação elaborado na Universidade da Califórnia, determinou que o carbono de 21000 biliões de toneladas de matéria orgânica sedimentada e retida pela camada de gelo que foi crescendo, foi sendo transformado, por micróbios ao longo de milhões de anos, em metano e também em dióxido de carbono. Neste estudo, estima-se que a camada de gelo pode estar a reter 4 biliões de toneladas de gás metano.

Fonte: Guardian» in http://naturlink.sapo.pt/Noticias/Noticias/content/Antartica-pode-estar-a-reter-um-vasto-reservatorio-de-metano?bl=1


(Seis graus podem mudar o Mundo)

Tomatina - A batalha voltou às ruas de Buñol, em Valência, onde parece que a animação abunda, mais uma vez!

Espanha: Festa da Tomatina

Tomatina

  • Seguinte
  • 1/7 Espanha: Festa da Tomatina
    EPA/Manuel Bruque Espanha: Festa da Tomatina

    (Tomatina de Buñol, Valência, história - imagenes de la fiesta 2012) 
    -----------------------------------------------------------------------------------------------------
    Espanha: Festa da Tomatina 40 mil pessoas são esperadas no evento que se realiza há 64 anos.

    30/08/12

    Espaço - No dia 31 de Agosto teremos uma "luz azul", cujo nome não tem a ver com a cor da dita, mas com o facto de ser a segunda do mês!


     


    «Teremos uma "lua azul" depois de amanhã

    Nome dado a este fenómeno não tem nada a ver com a cor.

    A lua azul ocorre a cada dois ou três anos e 2012 tem uma. Agosto tem duas luas cheias – a primeira aconteceu a dia 2 do mês corrente e a próxima será depois de amanhã. Contudo, os astrónomos indicam que não existe nenhuma relação entre este fenómeno e a época do ano.

    O termo lua azul refere-se comumente à segunda Lua cheia que ocorre no mesmo mês. A ocorrência deve-se ao ciclo lunar de 29.5 dias, o que torna perfeitamente possível que esta fase se apresente cheia duas vezes no mesmo mês. Fevereiro é o único mês que não pode ter a Lua Azul, mesmo em anos bissextos.

    Aliás, em determinados anos bissextos é possível que Fevereiro nem sequer tenha uma lua cheia. A lua azul, geralmente, acontece no final de Janeiro e a outra no início de Março, ou seja, duas no mesmo ano. Isto ocorre em média a cada 35 anos.

    O ano de 1999 teve dois meses de lua azul no mesmo ano – em Janeiro e Março. Agora, o fenómeno só voltará a ocorrer dentro de três anos, na noite de 31 de Julho para primeiro de Agosto de 2015 de acordo com os cálculos dos astrónomos russos acompanham a lua.

    Por último, os especialistas destacam que o nome dado a este fenómeno não tem nada a ver com a cor ou a sua aparência. O termo “lua azul” foi traduzido literalmente do inglês, onde azul também significa “traidor”.» in http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=55331&op=all


    Frank Sinatra - "Blue Moon"

    Poesia - O meu Amigo e Poeta Ângelo Ochôa interpela-nos com o Poema: "A pomba do Santo ’Spríto"




    "A pomba do Santo ’Spríto
    voa-nos da lapela
    ao meio-dia em ponto;
    linguagens a poupas, melros
    e outras aves sonda,
    após regressando."

    Ângelo ochôa, Poeta


    Ângelo Ochôa - "A pomba do santo 'spríto"

    F.C. do Porto Atletas Internacionais - Hulk e Alex Sandro entram nas contas de Mano Menezes para os amigáveis da selecção brasileira com a África do Sul e a China, enquanto os dois colombianos integram a convocatória da formação “cafetera” para os confrontos com Uruguai e Chile, referentes à fase de apuramento (CONMEBOL) para o Mundial 2014!



    «HULK, ALEX SANDRO, JAMES E JACKSON NAS SELECÇÕES

    Hulk e Alex Sandro entram nas contas de Mano Menezes para os amigáveis da selecção brasileira com a África do Sul e a China, enquanto os dois colombianos integram a convocatória da formação “cafetera” para os confrontos com Uruguai e Chile, referentes à fase de apuramento (CONMEBOL) para o Mundial 2014.

    O “escrete” entra em campo a 7 e 10 de Setembro, em São Paulo e no Recife, respectivamente. A selecção da Colômbia, por sua vez, joga dia 7 em Bogotá e dia 11 em Santiago do Chile.» in http://www.fcporto.pt/Noticias/Futebol/noticiafutebol_futconvseleccoes_270812_70358.asp


    [Todos os Gols] Brasil 4 x1 Estados Unidos - [Show dos Meninos]


    (Colômbia vs Venezuela (1-1) Eliminatórias Sudamericanas Brasil 2014)

    Acidentes - Aos 44 anos, José António Pinto Ribeiro, escorregou e caiu, quando tentava tirar uma fotografia de família, vindo a morrer afogado no Rio Olo, nas lagoas das Piocas de Cima das Fisgas de Ermelo!

    Imagem Activa

    «Dia feliz passado em família acaba em tragédia

    Foi passear com a família para as Fisgas de Ermelo (Mondim de Basto), ontem à tarde. Resolveram tirar um retrato, sobre umas das lagoas. Porém, aquele momento tão feliz viria a terminar em tragédia: o homem escorregou e caiu, vindo a morrer afogado no Rio Olo.

    Aos 44 anos, José António Pinto Ribeiro (na foto) tinha pouco tempo livre e a azáfama quase o privava de partilhar momentos de lazer com a mulher de 46 anos e as duas filhas. 

    Ontem, o industrial de Castelões (Penafiel), proprietário de uma fábrica de confeções em Vila Boa de Quires, no Marco de Canaveses, tirou o dia para a família e zarpou rumo à cascata de Fisgas do Ermelo, umas lagoas escavadas na rocha e que antecedem a maior queda de água da Península Ibérica.

    Cerca das 14h10, José António quis tirar uma fotografia de família, mas algo correu mal e terá escorregado, disseram familiares.

    Paulo Coelho, subchefe dos bombeiros da Cruz Branca, de Vila Real, disse à agência Lusa que o corpo do homem foi retirado de uma profundidade de nove metros de uma das lagoas das Piocas de Cima. É uma área de difíceis acessos, tanto que a equipa de três mergulhares da Cruz Branca teve que recorrer a uma carrinha quatro por quatro dos sapadores florestais para se deslocar até próximo do local. 

    O corpo foi transportado pelos bombeiros cerca de 50 a 60 metros até ao estradão de terra batida, sendo levado para a unidade de Vila Real do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD).

    Na freguesia penafidelense de Castelões, onde morava, a notícia da morte de José António causou profundo pesar. O industrial era muito conhecido na região, tendo sido candidato, pelo PS, à Junta de Freguesia de Vila Boa Quires, no Marco de Canaveses. 

    “Era uma pessoa que gostava de ajudar os outros. Nunca imaginámos que morresse assim”, desabafaram , muito emocionados, a sobrinhos Elsa Costa e o marido desta Nuno Costa. 

    “É uma tragédia. Este homem foi sempre um guerreiro, um lutador”, afiança Nuno Costa. “Acho que nunca mais quero ir a esse local”, desabafou a sobrinha.» in http://www.jornalaberto.com/index.php?option=com_content&task=view&id=2240&Itemid=11

    Amarante Criminalidade - Militares do Núcleo de Investigação Criminal de Amarante detiveram um indivíduo por cultivo de cannabis, na manhã do dia 23, em São João de Várzea!



    «Amarante: Detido por cultivo de cannabis

    Militares do Núcleo de Investigação Criminal de Amarante detiveram um indivíduo por cultivo de cannabis, na manhã do dia 23, em São João de Várzea.

    Foram apreendidas 12 plantas, que se encontravam num terreno agrícola. 

    O indivíduo foi constituído arguido.» in http://www.imprensaregional.com.pt/averdade/index.php?info=YTozOntzOjU6Im9wY2FvIjtzOjExOiJub3RpY2lhX2xlciI7czoxMDoiaWRfbm90aWNpYSI7czo0OiI1ODk5IjtzOjk6ImlkX3NlY2NhbyI7Tjt9

    Desporto Futebol - Real Madrid 2 vs Barcelona 1 - O Real Madrid conquistou a sua 9.ª supertaça de Espanha frente ao Barcelona ao vencer o jogo da segunda mão por 2-1 depois de ter perdido no Camp Nou por 3-2!

    Ronaldo dá o primeiro troféu da época

    «Ronaldo dá o primeiro troféu da época

    Higuaín e Ronaldo marcaram os golos do Real Madrid. Messi reduziu para o Barcelona mas o troféu ficou mesmo em Madrid.

    O Real Madrid conquistou a sua 9.ª supertaça de Espanha frente ao Barcelona ao vencer o jogo da segunda mão por 2-1 depois de ter perdido no Camp Nou por 3-2. Cristiano Ronaldo, Higuaín e Messi foram os autores dos golos mas foi Casillas o herói do encontro.

    Entrada frenética do Real Madrid no estádio Santiago Bernabéu. O primeiro golo surgiu na segunda oportunidade do jogo quando aos 11’ minutos Gonzalo Higuain consegue isolar-se frente a Valdés e remata para o 1-0.

    Ainda o Barcelona tentava assimilar o golo inaugural  e já Cristiano Ronaldo batia novamente Valdés numa jogada absolutamente genial. O português tira Piqué do caminho com um toque de calcanhar delicioso para depois disparar para o fundo da baliza.

    A toada ofensiva do Real Madrid seguia a uma marcha aparentemente triunfal e esteve perto do terceiro golo aos 24’ minutos com um cabeceamento de Pepe. O golo acabou por ser anulado por falta do internacional português depois de um livre cobrado por Xabi Alonso.

    Aos 28’ minutos, o Barcelona viu-se reduzido a dez unidades com a expulsão de Adriano. O defesa catalão travou Cristiano Ronaldo, que se encontrava isolado frente a Valdés, e recebeu o cartão vermelho direto.

    Depois de um início avassalador da equipa da casa, o ritmo de jogo abrandou perto do intervalo e o Barcelona acabou por conquistar a posse de bola. Lionel Messi, aos 45 minutos, reduziu para 2-1, na única oportunidade dos catalães na primeira parte. O argentino fez o 15.º golo da sua carreira frente ao Real Madrid e é já um dos jogadores do Barcelona com mais golos marcados ao rival da capital.

    No segundo tempo, o Real Madrid tentou reconquistar o domínio perdido perto do intervalo mas foi o Barcelona a impor o seu jogo. Aos 62’ minutos, Excelente passe em profundidade de Mascherano desmarca Pedro que na área remata de primeira com o pé direito para um grande defesa de Casillas.

    A jogar com menos uma unidade, o Barcelona tentou ocupar os espaços de forma a aplicar o seu famoso “tiki-taka” e quase não se notou a ausência de Adriano, expulso na primeira parte com um cartão vermelho direto. Apesar da posse de bola dos catalães, o ritmo de jogo manteve-se baixo.

    E foi o poste que salvou o Barcelona aos 79’ minutos, quando um passe de Xabi Alonso chega a Higuaín e este, apenas com Valdés para bater, remata rasteiro contra o ferro.

    Com o cronómetro a caminhar para o final do tempo regulamentar, o Real Madrid recuou no terreno para segurar a vantagel e aos 92’ minutos, Casillas evita o golo do Barcelona, e o troféu em Madrid,  quando Montoya surge isolado na direita e dispara forte para uma grande defesa do guarda-redes espanhol.» in http://desporto.sapo.pt/futebol/liga_espanhola/artigo/2012/08/29/real_madrid_vence_superta_a_de_e.html
    ----------------------------------------------------------------------------
    Parabéns a José, Cristiano, Pepe, Fávio e demais comitiva Portuguesa em Madrid!


    (Cristiano Ronaldo a dar show de bola, mais uma vez!)


    (Real Madrid Vs FC Barcelona 2-1 All goals Supercopa 2012)

    29/08/12

    Acidentes - Os bombeiros localizaram o corpo de um homem de 40 anos, que se terá afogado na lagoa das Piocas de Cima, nas Fisgas de Ermelo, Mondim de Basto, após uma queda, disse fonte da Proteção Civil!



    «Homem morre afogado em lagoa

    Acidente aconteceu em Fisgas do Ermelo, Mondim de Basto.

    Os bombeiros localizaram o corpo de um homem de 40 anos, que se terá afogado na lagoa das Piocas de Cima, nas Fisgas de Ermelo, Mondim de Basto, após uma queda, disse fonte da Proteção Civil. 

    O comandante distrital de operações de socorro de Vila Real, Carlos Silva, disse à agência Lusa que o alerta foi dado às 14:10 e apontava para a queda de um homem, quando alegadamente andava a tirar fotografias na zona das Piocas, umas lagoas escavadas na rocha e que antecedem a maior queda de água da Península Ibérica.

    Segundo a informação disponível até ao momento, a vítima, que se encontrava no local com a família, terá caído na água.

    O corpo do homem, que se encontra submerso, está a ser retirado pelos bombeiros.

    Carlos Silva referiu que o corpo se encontra a uma alguma profundidade, pelo que foi necessário chamar os mergulhadores dos bombeiros da Cruz Branca de Vila Real.

    No local, encontram-se ainda os bombeiros da corporação de Mondim de Basto.» in http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/afogamento-homem-morre-piocas-fisgas-do-ermelo-mondim-de-basto-tvi24/1371094-4071.html


    (Fisgas de Ermelo na lagoa das Piocas de Cima)

    Poesia - O Meu Amigo e Poeta Ângelo Ochôa, interpela-nos com o Poemeto: "Reatam-se-nos diálogos"




    "Reatam-se-nos
    diálogos
    de entre banho
    e praia:
    ‘Quereis outro achamento
    além dessas ventanias
    tão tristes tão alegrias?’
    Como se voltássemos
    ao Norte."

    Ângelo Ochôa, Poeta

    Ângelo Ochôa - "Reatam-se-nos diálogos"

    Amarante - O Presidente da Câmara Municipal de Amarante citou responsáveis da Igreja para dizer que “o modelo económico seguido atualmente em Portugal e na Europa tem que mudar, sob pena de, cada vez mais, estarmos a criar franjas de excluídos, já que o liberalismo leva à negação de tudo em favor do ter!



    «AMARANTE: LIBERALISMO ECONÓMICO CONDUZ À EXCLUSÃO SOCIAL DE JOVENS E VELHOS

    O Presidente da Câmara Municipal de Amarante citou responsáveis da Igreja para dizer que “o modelo económico seguido atualmente em Portugal e na Europa tem que mudar, sob pena de, cada vez mais, estarmos a criar franjas de excluídos, já que o liberalismo leva à negação de tudo em favor do ter. E, nessa lógica, no limite, são dispensáveis os velhos e as crianças, que não produzem”.

    Armindo Abreu discursava perante a população de Gondar, de entidades locais e de Ana Venâncio, diretora-adjunta da Segurança Social do Porto, na inauguração do Lar de Idosos da Associação de Solidariedade Social “O Bem-Estar”, que teve lugar a 26 de agosto, acrescentando que, "se este modelo não for revertido, quem vai ter que arranjar respostas vão ser as instituições que estão mais próximas das populações, que pensam o seu dia-a-dia e se preocupam, em concreto, com a dignidade da pessoa humana”.

    E sobre o funcionamento destas instituições, em princípio suportado pelos seus utentes e pela Segurança Social, Armindo Abreu alertou para o “desemprego galopante em que vivemos” e para “a falta de financiamento da Segurança Social, que pode levar a que, em breve, não haja dinheiro para as aguentar”.

    Nesta linha, o Presidente da Câmara Municipal de Amarante alertou também para a “inviabilidade da existência de um lar em cada freguesia”, devendo-se, antes, dar alguma escala a estes equipamentos, de forma a torná-los mais geríveis e sustentáveis.

    Sobre o “Bem-Estar”, Armindo Abreu congratulou-se com a abertura do equipamento e disse não ter dúvidas de que a população de Gondar se sente orgulhosa da obra e, por isso, “vai apoiá-la, fazer com que cresça e se torne uma referência nos serviços que vai prestar aos mais velhos e às crianças”.

    O edifício do “Bem-Estar”, que começou a ser construído em 2009 e teve custos próximos dos 1,5 milhões de euros, vai receber 24 idosos em regime de internato, terá serviço de apoio domiciliário a outros 20 e será dotado de uma creche com capacidade para receber 23 crianças.

    A sua área de influência corresponde às freguesias de Gondar, Sanche e Padronelo e ao lugar de Moure, da freguesia de Lufrei, podendo, no entanto, vir a receber utentes de outras zonas do Município.

    Autor: A.J.» in http://noticiasdefigueiro.com/noticias_dlhs.php?Id=620
    --------------------------------------------------------------------------------------
    Deveria acrescentar-se que o liberalismo económico já começou em Portugal, há alguns governos atrás... quanto ao diagnóstico, concordo em absoluto, com o Doutor Armindo Abreu!

    Cidade da Lixa - A velhinha linha de caminho de ferro, que ligava Entre-os-Rios à então Vila da Lixa!




    «Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios
    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

    [Esconder]Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios

    Legenda
    15,91 Entre-Os-Rios

    Torre

    São Vicente

    Calçada

    Sete Pedras

    Galegos

    Ribeira

    Ponte Nova

    Mosqueiros

    Bouça

    Senradelas

    0,0 Penafiel (Cidade)
    L.ª Douro → Porto
    Penafiel (estação antiga)
    L.ª Douro → Pocinho

    2, Lagoas

    Costinha

    Cárcere

    Costinha

    Gatão

    Sequeiros

    Bichas

    8, Lousada-Lourido

    12, Sta. Margarida

    18, Longra

    20, Varziela-Britelo

    22, Felgueiras

    26, Caramos

    28, Seixoso

    30,0 Lixa

    O Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios era uma linha ferroviária que ligava, em via métrica, Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios, no noroeste de Portugal. Foi inaugurada a 11 de Novembro de 1912 e desactivada nos finais dos anos 1920.
    A linha era constituída por dois troços: de Lixa até Penafiel, e desta localidade até Entre-os-Rios.

    Índice  [esconder] 

    1 História
    1.1 Planeamento, construção e inauguração
    1.2 Fases da Construção do troço Penafiel à Lixa
    1.3 Fases da Construção do troço Penafiel a Entre-os-Rios
    1.4 Atualidade
    2 Características técnicas
    3 Ver também
    4 Referências
    5 Ligações externas

    [editar]História

    [editar]Planeamento, construção e inauguração

    A história desta via férrea inicia-se em 1908 quando, não sendo contemplado pelo governo com uma linha ferroviária que tirasse do isolamento os concelhos diurenses, o Dr. Cerqueira Mago lança a ideia do caminho-de-ferro de Penafiel à Lixa, passando por Lousada e Felgueiras.[1]
    A 13 de Dezembro se 1908, realizou-se, nos Paços do Conselho de Penafiel, uma reunião, presidida pelo Visconde de Lousada, tendo como objectivo analisar as vantagens da existência dum caminho de ferro que servisse a região duriense.[2] A ideia foi abraçada por toda a população, uma vez que representava uma grande melhoria para o comércio, indústria e população dos concelhos por onde se projectou passar.[1] A linha passaria por Penafiel, Lousada, Felgueiras, Lixa e Entre-os-Rios.
    Em Fevereiro de 1909, começavam os primeiros trabalhos para a organização da planta dos terrenos por onde devia passar o caminho-de-ferro.[1] Em 17 de Julho de 1910 realizou-se o concurso para a construção e a 11 de Setembro desse ano constitui-se a companhia[2] a que foi atribuída a concessão, a Companhia do Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e a Entre os Rios, Sociedade Anonyma de Responsabilidade Limitada com um capital em acções de 252:000$00 e em Obrigações de 500:000$00.[3] Em Maio desse ano registava-se já uma grande lista de subscritores para as acções do Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios.[1]
    Esta linha dita um facto inédito, à data, em Portugal: a primeira associação voluntária de municípios (Lousada, Penafiel e Felgueiras) que conseguiu construir uma linha férrea sem auxílio do Estado. Tal foi conseguido com a criação da Companhia do Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e a Entre os Rios cujo capital foi totalmente subscrito por accionistas privados da região.
    A 11 de Novembro de 1912 começou a circular o primeiro comboio entre a cidade de Penafiel e Novelas, localidade onde se situa a Estação Ferroviária de Penafiel da Linha do Douro; o custo da viagem era de 40 réis.[2]
    A 8 de Novembro de 1913, foi inaugurado o troço de Novelas/Penafiel a Lousada. O comboio, rebocado pela máquina "Lousada", chegou à Vila de Lousada por volta das 11 horas e o percurso fazia-se em 22 minutos.[1] Em Junho de 1914, o comboio chegava a Felgueiras e, em Setembro, à Lixa, numa extensão total de 30 Km.[2]
    Por despacho do Ministro do Fomento, é autorizado, em Abril de 1914, o prolongamento da linha de Penafiel a Entre-os-Rios, numa extensão de 15,91 Km. Os trabalhos iniciaram-se em Maio de 1914, tendo-se inaugurado o primeiro troço, até Calçada, a 20 de Novembro do mesmo ano.[2]
    Em Março de 1915 foi autorizado o alargamento das Pontes de São Vicente e das Ardias, permitindo que a linha chegasse à Torre em 13 de Abril e, finalmente, a Entre-os-Rios em 17 de Junho de 1915. A estação terminal situava-se junto da entrada da antiga Ponte Hintze Ribeiro.[2]
    Em 1916, dada a crise da I Guerra Mundial, a Companhia do Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e a Entre os Rios começou a atravessar um período difícil que, a par dos frequentes acidentes na via-férrea, punham em risco a sua existência. A conjuntura política nacional e internacional, conjuntamente com a circulação rodoviária de pesados que se intensificara em meados de 1920, deram a machadada final no futuro da Companhia;[1] por outro lado, a exploração desta linha, como era normal com as ligações em bitola reduzida em Portugal, era bastante dispendiosa.[4]
    Em 20 de Fevereiro de 1920, a Junta Consultiva de Caminhos de Ferro, órgão oficial do estado, emitiu um parecer, aonde recomendou que a exploração de todas as linhas ferroviárias com bitola de 1 metro, incluindo a de Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios, fossem reunidas numa só empresa concessionária; devia-se, igualmente, ligar Lixa a Vizela, na Linha de Guimarães, de forma a unir ambas as redes.[5][6]
    Em Março de 1923, realizou-se o governo para a gestão desta linha, que não teve, no entanto, interessados; assim, pouco antes de Agosto do mesmo ano, foi publicada uma portaria, que ordenou a realização de um novo concurso em cerca de 2 meses.[4]
    Por decisão governamental, a linha foi encerrada e, por ordem do Ministério do Comércio, os carris começaram a ser levantados a partir do dia 2 de Março de 1931.[2]
    [editar]Fases da Construção do troço Penafiel à Lixa
    Penafiel a Novelas: 11 de Novembro de 1912;
    Novelas a Lousada: 8 de Novembro de 1913;
    Lousada a Felgueiras: Junho de 1914;
    Felgueiras à Lixa: Setembro de 1914.
    [editar]Fases da Construção do troço Penafiel a Entre-os-Rios
    Penafiel a Calçada: 20 de Novembro de 1914;
    Calçada à Torre: 13 de Abril de 1915;
    Torre a Entre-os-Rios: 17 de Junho de 1915.

    [editar]Atualidade

    Atualmente são muito poucos, ou inexistentes, no terreno, quaisquer vestígios da existência desta linha.

    [editar]Características técnicas

    A linha (em via métrica) tinha carris com gola, assentando em estrada de terra batida. Este é o sistema de carris existente nas linhas de Eléctricos de Lisboa e do Porto que assentam, normalmente, em alcatrão ou empedrado.

    [editar]Ver também

    História do transporte ferroviário em Portugal

    Referências

    ↑ a b c d e f Blog 'HistóriaN... Momentos' (6 de Janeiro de 2008). E o comboio não passava em Lousada. Página visitada em 30 de Outubro de 2009.
    ↑ a b c d e f g Silva, J.R. e Ribeiro, M. (2008). Os comboios de Portugal - Volume I. 3ª Edição.Terramar.Lisboa
    ↑ PB Pereira (28 de Fevereiro de 2009). Caminho de Ferro de Penafiel à Lixa e Entre-os-Rios. Página visitada em 30 de Outubro de 2009.
    ↑ a b (1 de Agosto de 1926) "Linhas Portuguezas". Gazeta dos Caminhos de Ferro 39 (927): 239.
    ↑ (16 de Novembro de 1926) "Parte Oficial: Direcção Geral de Caminhos de Ferro". Gazeta dos Caminhos de Ferro 39 (934): 343.
    ↑ (16 de Dezembro de 1926) "Parte Oficial: Direcção Geral de Caminhos de Ferro". Gazeta dos Caminhos de Ferro 39 (936): 375.

    Política Nacional - Mais notícias do "cancro social", ou do lodaçal em que nos movemos...




    «IEFP divulga oferta de emprego com nome de possível vencedor

    "Outros conhecimentos: só a admitir a Vera Pereira". Esta referência era visível até à manhã desta terça-feira numa oferta de emprego para educador de infância publicada no site do Instituto do Emprego e Formação Profissional. A directora de comunicação do instituto, Fátima Cerqueira, reconhece a existência de um "lapso registado no procedimento", mas afirma que "a situação identificada é perfeitamente normal".

    A oferta de emprego em causa diz respeito a um lugar para educador de infância (masculino ou feminino), na freguesia de Santa Maria, concelho de Tavira, no Algarve, promovida pelo Centro Social e Paroquial Santa Maria. A proposta consiste num contrato a termo, de seis meses, com uma remuneração de 833 euros, e está inserido na medida Estímulo 2012.

    Num esclarecimento enviado ao PÚBLICO, a directora de comunicação do Instituto do Emprego e Formação Profissional, Fátima Cerqueira, reconhece que houve um "lapso" – o nome referido no anúncio de emprego era o nome da candidata escolhida pelo Centro Social e Paroquial Santa Maria, cujo currículo teria ainda de ser analisado pelo próprio IEFP. Só no caso de a candidata Vera Pereira reunir as condições necessárias é que o instituto permitiria a sua contratação ao abrigo da medida Estímulo 2012. Seria, portanto, apenas uma referência interna dos serviços do IEFP ao facto de o Centro Social e Paroquial Santa Maria ter manifestado a sua preferência pela candidata Vera Pereira.

    "O lapso registado no procedimento foi apenas a evidência do nome da candidata desempregada apresentada pela entidade empregadora", lê-se num comunicado enviado ao PÚBLICO e assinado pela directora de comunicação do Instituto do Emprego e Formação Profissional, Fátima Cerqueira.

    "A situação identificada é perfeitamente normal, enquadra-se nos procedimentos previstos e estipulados para as ofertas de emprego apresentadas com o propósito de as empresas formalizarem candidaturas à medida Estímulo 2012", explica a mesma nota.

    "No caso vertente, a entidade tinha identificado a pessoa desempregada a contratar, pelo que procedeu à respectiva apresentação para a oferta em questão, decorrendo o processo de aferição relativamente à candidata apresentada de reunir os requisitos de elegibilidade da medida Estímulo 2012, razão pela qual a oferta de emprego permaneceu activa no portal Net Emprego", lê-se ainda no comunicado enviado pelo IEFP.

    A directora de comunicação do instituto conclui a nota reconhecendo que "não deveria ter sido evidenciado o nome da pessoa desempregada apresentada pela entidade empregadora, o que aconteceu por lapso".

    Por esse motivo, o anúncio permanece online porque "os serviços do IEFP ainda não validaram se a candidata é elegível para receber os benefícios ao abrigo da medida Estímulo 2012", avança o instituto.

    IEFP retirou frase polémica do anúncio

    O link para a página em causa foi publicado às 00h41 desta terça-feira no site Tugaleaks.com e em vários outros sites e blogues e partilhado em redes sociais como o Facebook e o Twitter.

    No momento em que o PÚBLICO acedeu ao link, pouco depois das 9h00, o anúncio continha, na área respeitante às condições, a referência "Outros conhecimentos: só a admitir a Vera Pereira", mas pouco minutos depois essa frase já tinha sido apagada. 

    Contactada pelo PÚBLICO por telefone e por email enviado às 9h46, a directora de comunicação do Instituto do Emprego e Formação Profissional respondeu por email, às 11h05, que a sua equipa estava "a apurar o que se passou", remetendo para mais tarde uma nota de esclarecimento.

    O caso suscitou várias reacções na Internet. Da indignação ("A podridão portuguesa") ao sentido de humor ("Bom dia! O meu nome não é Vera Pereira, mas pelo salário depressa vou ali ao cartório tratar do assunto!"), o tema está a ser um dos mais comentados pelos utilizadores portugueses do Twitter e interpretado como um exemplo de uma oferta de emprego condicionada à partida.» in http://www.publico.pt/Sociedade/iefp-divulga-oferta-de-emprego-com-nome-de-possivel-vencedor-1560716


    («SÓ ADMITIR A VERA PEREIRA»)

    Barra do Douro - Naufrágio do vapor “Porto“, depois de bater no rochedo da Lage, num dia de temporal, a 29 de Março (dia de aniversário do desastre da Ponte das Barcas, em 1809), tendo-se salvado apenas três náufragos!



    «Naufrágios na Barra do Douro

    Em 1852, dá-se uma tragédia que acaba por ser determinante, ainda que a longo prazo, para a evolução das obras da Barra. Trata-se do naufrágio do vapor “Porto“, depois de bater no rochedo da Lage, num dia de temporal, a 29 de Março (dia de aniversário do desastre da Ponte das Barcas, em 1809), tendo-se salvado apenas três náufragos.

    A cidade chorou como nunca esta tragédia, que varreu algumas das melhores famílias da burguesia, cujos elementos se deslocaram a Lisboa. Não era uma das habituais tragédias de marítimos, de pescadores que, arrostando quotidianamente com o perigo, se viam de vez em quando devorados por águas revoltas. Tratava-se agora de passageiros, incluindo velhos e crianças, que, julgando-se a salvo num novo transporte, acabavam por sucumbir ali, junto à margem, aos olhos de toda a gente e perante a incapacidade de socorro de terra. Esta impotência era a face visível da incapacidade da sociedade para aplicar os meios capazes de diminuírem os perigos que se adivinhavam, apesar de há mais de meio século se cobrarem impostos para estas obras — o imposto de tonelagem específico para as obras da barra, mas cujas verbas acabavam por ser desviadas da sua aplicação principal.

    Para além da comoção geral, há desde logo algumas medidas, em resposta a solicitações da Associação Comercial do Porto, como a ordem governamental, no sentido de “cobrar e arrecadar em separado” o imposto destinado às obras da Barra, para evitar  o seu descaminho, destinando-se ainda metade do imposto destinado às obras do Palácio da Bolsa para a reconstrução do antigo estabelecimento do salva-vidas antes existente na Foz. Criou-se ainda uma “sociedade humanitária” para socorros a náufragos, que arrancou desde logo com os 148 sócios presentes na assembleia geral da Associação Comercial do Porto convocada para discutir esta tragédia. Note-se, no entanto, que a reorganização do Salva-vidas não foi reorganizado pelo Governo, o que levou posteriormente a Associação a solicitar o recebimento da totalidade do imposto para as obras da Bolsa, ficando a seu cargo as despesas para a manutenção do Salva-vidas, o que foi conferido por carta de lei de 24 de Julho  de 1856.


    Naufrágio do vapor PORTO em 1852, segundo painel de azulejos na Foz (Instituto de Socorros a Náufragos).

    NOTICIAS MARÍTIMAS (por ocasião do naufrágio do vapor Porto)

    Março de 1852

    Dia 29
    7h      Fora da Barra nada se avista. Vento S (forte) e o mar um tanto agitado.
    8h      Nada se vê para a Foz por causa do nevoeiro.
    5h25  Aparece ao S. O vapor português Porto. Vento S. A. E o mar um tanto agitado.

    Dia 30
    7h       Fora da Barra nada se avista. às 12h desta noute naufragou fatalmente o vapor Porto, parecendo trinta e seis passageiros e quinze tripulantes, inclusive o piloto que hia servindo de capitão, e só se salvaram sete homens da tripulação. Vento S. C. (forte) e o mar agitado.
    1h        Nada de novo. Vento a S.O. (forte) e o mar muito agitado.

    Abril de 1852

    Dia 2
    Foram arrojados à praia mais 4 cadáveres, que são uma filha do sr José Allen, o snr José Augusto da Silveira Pinto, o piloto que hia de capitão e outro desconhecido. A menina é a mais velha. Ontem tinham aparecido dois cadáveres,  sendo um o do Francisco, dispenseiro do vapor, e outro de J.Elmsly, sobrinho do dono do Brigue Inglês Harriet.

    Dia 3
    Apareceram mais 6 cadáveres, sendo e deles o sr Plácido Braga, o sobrinho do Excmº Snr. Barão de Massarelos e uma filha do snr. José Allen. Apareceram mais dois cadáveres que não se conhecem.

    Dia 5
    Ontem apareceram 12 cadáveres  no Cabedelo, sendo 4 deles um brasileiro, um oficial de artilharia. o cozinheiro do vapor (José) e um preto pertencente ao mesmo vapor. Os outros não se puderam conhecer.
    12h
    Agora mesmo apareceram mais três cadáveres que se não podem conhecer.
    2h30
    Apareceram dois cadáveres que também se não podem conhecer.
    IN – Fonte: APDL – Livro de registo de notícias marítimas da Barra do Douro.» in http://rmmv.org/a-ocidente-do-porto/naufragios/
    Pin It button on image hover