31/03/10

S.L. Benfica: Luís Moreira, ex-responsável pelo futsal do Benfica foi preso!



«Ex-responsável pelo futsal do Benfica foi preso



Luís Moreira, que estava a ser investigado pela PJ por uma alegada burla de 2,5 milhões de euros, foi preso no Brasil por agentes federais.
Luís Moreira esteve à frente do futsal até 2007. No entanto o “engenheiro”, como era conhecido no meio nunca foi dirigente encarnado. O clube dava o nome à equipa, mas esta era gerida externamente.
O antigo homem forte do futsal é suspeito de falsificar procurações que foram utilizadas para a venda de terrenos um pouco por todo o país. A burla por este engendrada deverá ter atingido valores na ordem dos 2,5 milhões de euros.
Quando foi iniciada a investigação a este caso, por parte da Polícia Judiciária, já Luís Moreira não se encontrava em Portugal.
O “engenheiro” vive há mais de ano e meio no Brasil.
Assim, a PJ emitiu um mandado internacional de captura e ontem, segundo o jornal 24 horas, o processo teve desenvolvimentos.
Agentes federais procederam à detenção de Luís Moreira na sua casa em Fortaleza, no estado do Ceará. Neste momento está agora a ser tratado o pedido de extradição do acusado para Portugal.» in http://desporto.sapo.pt/futsal/artigo/2010/03/31/ex_respons_vel_pelo_futsal_do_be.html

30/03/10

Amarante - BARRAGEM DE FRIDÃO: Proposta para nova consulta pública vai ser Discutida em Plenário na Assembleia da República!

BARRAGEM DE FRIDÃO: Proposta para nova consulta pública vai ser  discutida em plenário na Assembleia da República
«BARRAGEM DE FRIDÃO: Proposta para nova consulta pública vai ser discutida em plenário na Assembleia da República
(30-03-2010)


Armindo Mendes
© Todos os direitos reservados


Durante uma reunião da Comissão, a deputada do Bloco de Esquerda Rita Calvário sustentou que as populações "não tiveram toda a informação necessária" para que a consulta pública do estudo de impacte ambiental, concluída a 15 de fevereiro, decorresse com toda a transparência e rigor

Lusa


Lisboa, 30 mar (Lusa) - A Comissão Parlamentar de Ambiente e Ordenamento do Território decidiu hoje enviar para votação em plenário um projeto de resolução do BE, que recomenda ao Governo definir um novo período de consulta pública para a barragem de Fridão.
Durante uma reunião da Comissão, a deputada do Bloco de Esquerda Rita Calvário sustentou que as populações "não tiveram toda a informação necessária" para que a consulta pública do estudo de impacte ambiental, concluída a 15 de fevereiro, decorresse com toda a transparência e rigor.
Para o BE, o processo teria de incluir a divulgação de um estudo encomendado pela União Europeia sobre o Plano Nacional de Barragens, não apresentado publicamente até hoje, e um parecer do Instituto da Água (INAG), que na altura ainda não era conhecido.
A necessidade de o Governo fornecer mais informação sobre a obra foi defendida pelos restantes partidos da oposição, mas o PSD sublinhou que, conforme previsto na Lei, as populações e as várias entidades interessadas poderiam ter reclamado contra a insuficiência de documentação durante a consulta pública já ocorrida.
"O Governo deve tornar público os estudos. Ponto diferente é saber se a Assembleia da República deve impor o alargamento da consulta pública", disse o social democrata António Leitão Amaro.
Já o Partido Ecologista Verdes (que também apresentou uma proposta sobre o assunto), o PCP e o CDS-PP disseram estar totalmente de acordo com o envio do projeto lei do Bloco de Esquerda para discussão em plenário da Assembleia da República
Da parte do PS, o deputado Marcos Sá considerou a proposta do BE "alarmista" e criadora de um "papão" injustificado, lembrando que o processo de consulta pública decorreu "com normalidade".
Na próxima terça feira a ministra do Ambiente, Dulce Pássaro, será ouvida pela comissão parlamentar sobre o Plano Nacional de Barragens, que integra a infraestrutura de Fridão.
O empreendimento afeta os concelhos de Amarante, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto e Mondim de Basto.
A comissão de acompanhamento da barragem, da Assembleia Municipal de Amarante, defende que o estudo de impacte ambiental foi "inconclusivo e mal elaborado" e acredita que um "estudo realista" evidenciará a inviabilidade da obra.

ROC.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico. *** Lusa/fim.» in http://www.tamegaonline.info/v2/noticia.asp?cod=3019

F.C. do Porto: Emídio Pinto é um Senhor no Panorama do Ciclismo Nacional e uma Grande Glória do F.C. do Porto!

«EMÍDIO PINTO
(Ciclismo)

A história de Emídio Pinto confunde-se com a própria história da Volta a Portugal. A «velha raposa» do ciclismo, como é apelidado no meio, conta 45 edições da maior corrida velocipédica portuguesa, primeiro enquanto atleta, depois na condição de director desportivo. Foi nessa condição, de resto, que se tornou um nome incontornável no historial de sucesso azul e branco no ciclismo português. Começou no FC Porto como director desportivo adjunto, ao lado de Franklim Cardoso e de Onofre Tavares, e a primeira Volta que festejou nessa qualidade foi a de Joaquim Leão, em 1964. Em 1981, conseguiu o êxito mais curioso da carreira, ao levar o então desconhecido Manuel Zeferino à vitória no Tour português.» in site F.C. do Porto.

29/03/10

F.C. do Porto - Hulk Voltou Pleno de Raiva com um Petardo dirigido a Ricardo Costa (...o Benfiquista de Secretaria!


«Hulk decisivo no regresso aos relvados
Depois de o Conselho de Justiça da FPF ter levantado o castigo ao brasileiro, anteriormente penalizado pela Comissão Disciplinar da Liga de Futebol com três meses de suspensão, Hulk voltou ao activo e no seu melhor estilo.
Em boa hora se dá o regresso do “Incrível”. Será pelo menos essa a opinião de Jesualdo Ferreira, que há poucos dias se queixava pela falta de soluções atacantes que pudessem suprir as várias ausências por lesão.
E o regresso de Hulk não foi apenas um retomar da normalidade. O avançado brasileiro, tomado pela revolta que dizia sentir, liderou a equipa do FC Porto e com duas assistências e um golo soberbo resolveu o jogo a favor dos dragões.
Veja o vídeo com as melhores imagens de Hulk no jogo de ontem.» in http://desporto.sapo.pt/futebol/primeira_liga/artigo/2010/03/29/hulk_decisivo_no_regresso.html

Impressionante, o Incrível Hulk veio cheio de raiva, de Ricardo Costa!

Márcia Santos - Sonoridade que nos remete para a era dos Trovadores Musicais de 1970!




Márcia - "A Pele Que Há Em Mim"

Márcia - "A Pele Que Há Em Mim" - (@ Fnac Coimbra 2009)

Márcia - "Um Passo" - (@ Fnac Coimbra 2009)

Márcia - "Melody" - (@ Fnac Coimbra 2009)

Márcia - "Ça Me Dit" - (@ Fnac Coimbra 2009)

Márcia - "A Mentira" - (@ Fnac Coimbra 2009)

Márcia - "Deixa lá" - (@ Fnac Coimbra 2009)

Márcia - "Pudera Eu" - (@ Fnac Coimbra 2009)

«Márcia Santos

A Pele que Há em Mim



Ela chama-se Márcia Santos mas quando chega a altura de assinar as suas músicas, pausadas e intimistas, é mais sucinta e dá-se a conhecer apenas pelo primeiro nome. Além de cantora com bom domínio do inglês, do francês e do português - de cá e do Brasil -, Márcia é artista plástica e tem actuado ao vivo com Samuel Úria, da FlorCaveira. Fã de Beth Gibbons e Cat Power, ela promete acelerar corações indie servindo-se do mais frugal dos recursos: voz e guitarra acústica. Parece simples e é mesmo - no melhor e mais bonito dos sentidos. "Ça me Dit", "Reino Costa-Azul (Deixa Lá)" e "Um Passo" são algumas das suas primeiras pegadas no areal pop folk lusitano.» in http://blitz.aeiou.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=bz.stories/45907




"Sobre a pele que há em mim tu não sabes nada *


Porque não queres. Fazemos parte de constelações tão diferentes, desalinhadas na sua essência, incapazes de se cruzarem em pleno trânsito astral. De vez em quando, pedes-me que me mantenha na tua órbita, num movimento estudado do qual já conheces o fim, porque foi assim que o planeaste sempre. E eu, de vez em quando, esqueço-me de ti, arrumo-te a um canto, declaro-te oficialmente erradicado de todos os momentos que antecedem o meu sono. Deixo de pensar nos teus lábios, nas perguntas que nunca chegaram a aparecer, nas perguntas que nunca me atrevi a verbalizar, no depois. Sobre a pele que há em mim tu não sabes nada. E eu, que sempre te quis entender, que um dia pensei que talvez tivesse chegado a hora, que te dou sempre segundas e terceiras e quartas oportunidades, hei-de aceitar que estou a anos-luz de quem tu queres. Nesse dia, mesmo a tua pele (o teu cheiro a efémero sobre os meus lençóis) deixará de contar, os teus olhos deixarão de me procurar quando estás de saída, as minhas mãos deixarão de escrever sobre ti. Mas continuarás sem saber nada sobre a minha pele."




"A Pele Que Há Em Mim
Márcia Santos

Quando o dia entardeceu
E o teu corpo tocou
Num recanto do meu
Uma dança acordou
E o sol apareceu
De gigante ficou
Num instante apagou

O sereno do céu
E a calma a aguardar lugar em mim
O desejo a contar segundo o fim.

Foi num ar que te deu
E o teu canto mudou
E o teu corpo do meu
Uma trança arrancou
O sangue arrefeceu
E o meu pé aterrou
Minha voz sussurrou

O meu sonho morreu
Dá-me o mar, o meu rio, minha calçada.
Dá-me o quarto vazio da minha casa
Vou deixar-te no fio da tua fala.
Sobre a pele que há em mim

Tu não sabes nada.
Quando o dia entardeceu
O teu canto mudou
O teu corpo no meu
Uma dança acordou
E o sol apareceu
E o meu pé aterrou
Num instante apagou


O meu sonho morreu."

Educação em Portugal - Excelente Reflexão Humorística em Tempo de Reuniões de Avaliação!


E esta hein?! A inversão de valores está aí e é socialista...

Esta pergunta foi a vencedora num congresso sobre vida sustentável.

"Todos pensam em deixar um planeta melhor para os seus filhos... Quando é que pensarão em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"

28/03/10

Liga Sagres: Belenenses 0 vs F.C. do Porto 3 - O Incrível Hulk Enviou um Petardo de Raiva, Contra o Senhor Ricardo Costa da Liga...

«Incrível só o que o campeonato perdeu!

Vídeos do jogo


À 24ª jornada, depois de 99 dias de privação, os protagonistas tomaram, por fim, o lugar dos figurantes. E mais do que o FC Porto, ganhou o espectáculo. Até mesmo o mediático, porque ainda está para nascer argumentação, mais ou menos mirabolante, que possa equiparar-se a um golo de Hulk. Ou a duas assistências do mesmo.

O cabeceamento de Rolando, capturado num gesto instintivo de Bruno Vale, antes mesmo de concluído o segundo minuto, foi mais do que um sinal. Levava com ele um prenúncio do que estava para vir, de uma supremacia absoluta manifestada em múltiplas variações, desde o arranque explosivo de Hulk, aos movimentos imprevisíveis de Falcao ou ao trabalho incessante de Meireles e Micael.

A aproximação à vantagem produziu uma série intensa de ensaios, que Bruno Vale protelou repetidamente, fosse a remate de Falcao ou na sequência da ascensão de Bruno Alves. O golo, adiável mas não inevitável, seria apontado pelo intérprete do primeiro teste. Aos 40 minutos, de cabeça, como na primeira revelação, Rolando colocava o FC Porto na frente.

Numa exibição crescente, em termos de ritmo e qualidade, o Dragão surgiu ainda mais forte do intervalo. E voltou a marcar. Mas, desta vez, sem aviso, num remate soberbo de Hulk, num género «marca registada» que um absurdo disciplinar subtraiu à Liga 99 dias a fio, portento de força e colocação, que nem Bruno Vale nem a Comissão Disciplinar poderiam travar.

Generoso e com uma enorme sede por satisfazer, Hulk adoçou o espectáculo e acrescentou mais uma assistência à estatística pessoal. Depois do livre transformado com rigor para o primeiro golo, serviu o terceiro a Falcao em forma de cruzamento, na ponta final de uma sequência de dribles inebriantes, à direita. E outro teria servido, praticamente do mesmo lugar, se, já no último suspiro do encontro, a equipa de arbitragem não tivesse descortinado na superior capacidade física do brasileiro uma falta que não existiu.

Ao longo de mais de três meses houve Liga sem Hulk, o campeonato sobreviveu à ausência do brasileiro, mas não foi o mesmo, pois não? A amostra de uma hora e meia de jogo não deixam mentir.

FICHA DE JOGO

Liga, 24ª jornada
28 de Março de 2010
Estádio do Restelo, em Lisboa

Árbitro: Paulo Baptista (Portalegre)
Assistentes: José Braga e João Pedro Ferreira
4º Árbitro: André Gralha

BELENENSES: Bruno Vale; Mano «cap», Mustafa, Marcos António e Tiago Gomes; Gabriel Gomez, Barge, Celestino e Miguelito; Yontcha e Lima
Substituições: Tiago Gomes por Fajardo (46m), Yontcha por José Pedro (54m) e Barge por André Almeida (63m)
Não utilizados: Assis, Cândido Costa, Beto e Pele
Treinador: António Conceição

FC PORTO: Helton; Miguel Lopes, Rolando, Bruno Alves «cap» e Alvaro Pereira; Fernando, Guarín, Rúben Micael e Raul Meireles; Hulk e Falcao
Substituições: Raul Meireles por Belluschi (65m), Rúben Micael por Valeri (86m)
Não utilizados: Beto, Fucile, Maicon, Farias e Orlando Sá
Treinador: Jesualdo Ferreira

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: Rolando (40m), Hulk (51m) e Falcao (84m)
Disciplina: nada a assinalar
» in site F.C. do Porto.

Goals + Interview Hulk

Freekicker | MySpace Video

Imagens de um Jogo em que pudemos ver o que o Sr. Ricardo Costa da Liga não queria... Hulk a Jogar com a Camisola do F.C. do Porto!

Basquetebol: Ginásio Figueirense 78 vs F.C. do Porto 87 - F.C. do Porto volta a Vencer para a Liga de Basquetebol!

«FC Porto Ferpinta soma nova vitória

Depois de ontem ter derrotado o Benfica, no Dragão Caixa, o FC Porto Ferpinta somou este domingo nova vitória na liga de basquetebol, desta vez no pavilhão do Ginásio, por 78-87.
À imagem do que sucedera na véspera, Julian Terrell voltou a ser o MVP da partida, com 18 pontos, 10 ressaltos, 2 assistências e 3 desarmes de lançamentos.
Os restantes pontos da equipa de Moncho Lopez foram marcados por André Bessa (5), Jeremy Hunt (19), Rui Mota (11), Nuno Marçal (14), João Figueiredo (8), Jorge Coelho (3), David Gomes (2), Carlos Andrade (5) e Paulo Cunha (2).» in site F.C. do Porto.

Amarante - Cineclube de Amarante Apresenta Cartaz de Abril de 2010 que Promete ser em Grande!

«Cineclube de Amarante, Cartaz de Abril de 2010!

Cinema Teixeira de Pascoaes
6ªs feiras e uma 5ª feira às 21: 30
Telefone: 255 431 084
Em Abril

Dia 1, 5ª Feira

Estrela Cintilante

Título original: The Informant!

De: Steven Soderbergh

Com: Matt Damon, Lucas McHugh Carroll, Eddie Jemison, Melanie Lynskey

Género: Acção, Comédia

Classificacao: M/12

EUA, 2009, Cores, 108 min.

Dia 9

O Laço Branco

Título original: Julie & Julia

De: Nora Ephron

Com: Meryl Streep, Amy Adams, Stanley Tucci

Género: Biografia, Comédia Romântica

Classificacao: M/12

EUA, 2009, Cores, 123 min.

Dia 16

Arena + Taking Woodstock

Título original: Miracle at St. Anna

De: Spike Lee

Com: Derek Luke, Michael Ealy, Laz Alonso

Género: Acção, Drama, Thriller

Classificacao: M/12

EUA/ITA, 2008, Cores, 160 min.

Dia 23

Nas Nuvens

Título original: Un prophète

De: Jacques Audiard

Argumento: Jacques Audiard, Thomas Bidegain

Com: Tahar Rahim, Niels Arestrup, Adel Bencherif

Género: Crime, Drama

Classificacao: M/16

FRA/ITA, 2009, Cores, 155 min.

Dia 30

Ágora

Título original: Agora

De: Alejandro Amenábar

Com: Rachel Weisz, Max Minghella, Oscar Isaac

Género: Drama

Classificacao: M/12

ESP, 2009, Cores, 126 min.»

----------------------------------------------------------------

Informação gentilmente cedida pela Minha Colega e Amiga, Professora Elsa Cerqueira!

Basquetebol: F.C. do Porto Ferpinta 78 vs S.L. Benfica 69 - F.C. do Porto Derrotou Benfica mais uma vez, desta feita a contar para a Liga Principal!

«Exibição soberba «afundou» o Benfica

Depois da Taça Federação e em menos de dois meses, o FC Porto Ferpinta voltou a vencer o Benfica, equipa, que, desafiando qualquer lógica, preservava o qualificativo «invencível». Fê-lo, desta vez, no Dragão, em encontro da Liga e por 78-69. Mesmo privado de Greg Stempin, o mais influente do jogo azul e branco.
Depois de três períodos extremamente intensos, marcados por alternâncias frequentes na liderança do marcador, as equipas entraram no último quarto empatadas a 52 pontos e ainda com tudo por decidir, mas o «suspense» estava condenado a morrer na audácia e nos triplos de Figueiredo, Andrade e Hunt, com o norte-americano a revelar-se soberbo nas penetrações para o cesto e na linha de lances livres, onde converteu os oito lançamentos de que dispôs.
Mas o final de tarde seria de outro norte-americano, que reapareceu na partida a afundar para atingir a condição de MVP. Em 30 minutos, Julian Terrell somou 25 pontos, 8 ressaltos, 1 assistência e 2 roubos de bola, dados que não chegam para reflectir a qualidade do trabalho defensivo do poste natural de Akron, cidade do estado do Ohio.
E o desempenho defensivo, assumiu Moncho López no final da partida, foi precisamente a chave do encontro. «Era essencial que conseguíssemos atingir o intervalo a controlar as acções atacantes do adversário e os 32 pontos sofridos na primeira metade espelham isso mesmo. Foi a partir desse pormenor que alicerçámos o resto do nosso jogo», disse o treinador dos Dragões.
Mesmo sem os enfatizar, Moncho reconheceu os efeitos provocados pela ausência de Stempin, lesionado desde o jogo com o Vagos, e acrescentou: «É claro que somos melhores com ele, pelo que me parece óbvio concluir que teríamos sido ainda mais fortes se pudéssemos contar com ele».
Mas a resposta à contrariedade foi clara. «Fizemos uma grande segunda parte, fase em que revelámos consistência física e psicológica, e ainda pudemos contar com o precioso apoio dos adeptos», concluiu o treinador do FC Porto Ferpinta. Em resumo: já não há equipas invictas. Nem mesmo na Liga.

Os pontos portistas que ditaram nova vitória sobre o Benfica, agora em jogo da 18ª jornada da fase regular: João Figueiredo (11), Nuno Marçal (3), Carlos Andrade (13), Jorge Coelho (3) e Julian Terrell (25); André Bessa (0), Jeremy Hunt (18), João Soares (0), Rui Mota (1), David Gomes (4)

Ao intervalo: 31-32
Por períodos: 19-18, 12-14, 21-20, 26-17
MVP: Julian Terrell (26,5)» in site F.C. do Porto.

27/03/10

Política Nacional - "Pedro Passos Coelho Vence com Maioria Esmagadora e espero que Varra com os Velhos do Restelo!


«Pedro Passos Coelho apelou à unidade do partido dizendo contar com o apoio dos seus opositores na corrida eleitoral José Sena Goulão, EPA

Pedro Passos Coelho venceu as eleições directas de ontem com 61 por cento dos votos. No discurso da vitória, Passo Coelho garantiu que o partido não vai andar com o governo ao colo, mas sublinhou que conta com os adversários para o longo caminho de mudança no PSD. Paulo Rangel foi o segundo candidato mais votado (34 por cento), seguido de Aguiar-Branco (3,6 por cento) e de Castanheira Barros.

O novo presidente avisou os socialistas que não pretende abrir crises políticas desnecessárias mas garantiu que não andará com o Governo ao colo nem votará contra as suas ideias.
"Contarão, o PS e o Governo, com um PSD determinado, apostado em não abrir crises políticas, de que o país não precisa, mas um partido também que não andará com certeza - como tenho dito várias vezes - com o Governo ao colo e que não votará nem suportará aquilo com que não concorda", disse Passos Coelho, no seu discurso de vitória.
"Estamos disponíveis para ajudar Portugal a encontrar um caminho melhor e estamos, portanto, disponíveis para ajudar o Governo a vencer as dificuldades grandes em que o país se encontra. Mas vamos fazê-lo com as nossas ideias, com o nosso projecto para Portugal. Não podemos ser mais leais e determinados", acrescentou.
Em alusão à direcção de Manuela Ferreira Leite, o novo presidente considera que o partido "teve a oportunidade durante estes dois anos de fazer uma avaliação do que foi a estratégia que foi seguida e nesta altura creio que o PSD deixou inequívoca a sua vontade de mudar".
Para esta mudança, palavra que elegeu para mote de campanha, Passos Coelho disse esperar o "contributo para a coesão e para a unidade do PSD" dos seus opositores na corrida eleitoral.
A votação, acima dos 60 por cento, foi "um resultado muito expressivo", mas "não há nenhuma razão para começar a cantar vitória porque o trabalho começa a partir de hoje", entende Passos Coelho. "Estou convencido de que não recebi um cheque em branco, recebi um voto de confiança. E é a partir de agora que me compete mostrar que sou digno desse voto de confiança", reforçou.
"A minha primeira preocupação vai ser a de unir o PSD" disse Passos Coelho que, aos 45 anos, assume a presidência do Partido Social-Democrata. O novo presidente afirmou que conta com Paulo Rangel e Aguiar-Branco "na primeira linha da intervenção política no PSD", aludindo aos discursos dos adversários da corrida eleitoral para manifestar convicção que tal será possível. Tanto Paulo Rangel, como José Pedro Aguiar-Branco e Castanheira Barros defenderam a necessidade de coesão no partido.
A Região Autónoma da Madeira foi o único local onde Pedro Passos Coelho não ganhou. Na Madeira, Paulo Rangel, o candidato apoiado por Alberto João Jardim, conquistou mais de 87 por cento dos votos. O líder do PSD-Madeira não comentou o resultado eleitoral, dizendo estar "consumada a eleição" de Pedro Passos Coelho, criticado pela sua posição na Lei das Finanças Regionais.

Paulo Rangel promete "atitude de lealdade"

O segundo candidato mais votado, registou 34 por cento dos votos, prometeu uma "atitude de lealdade" e de colaboração. "O partido pode contar, e o novo presidente, com a minha disponibilidade primeiro como eurodeputado eleito pelos portugueses o ano passado e agora como militante para colaborar num grande projeto social democrata que seja uma verdadeira alternativa àquele que foi o único adversário que tivemos nestas eleições, que foi o PS", afirmou.
O eurodeputado conseguiu arrancar sorrisos a uma plateia que foi acompanhar a revelação dos num hotel em Lisboa e que, apesar das sondagens apontarem para a eleição de Passos Coelho, ainda acreditava na vitória. Dizendo que a corrida eleitoral para a presidência do PSD foi um "privilégio" enquanto experiência política e pessoal, Paulo Rangel felicitou o novo líder pela "vitória clara e expressiva" e pediu um aplauso para o novo presidente do PSD.

Aguiar-Branco deixa liderança de bancada parlamentar

O actual líder da bancada parlamentar, José Pedro Aguiar-Branco, que recolheu 3,61 por cento dos votos, colocou o lugar à disposição do novo líder garantindo que "a campanha acaba aqui, a campanha acaba hoje". Aguiar-Branco deixou o alerta: é "preciso continuar o trabalho de oposição firme e responsável" no Parlamento, considerando necessária "coragem para levar a comissão de inquérito do caso TVI até ao fim".
Passos Coelho sublinhou esperar "um papel muito cooperante" do ainda líder parlamentar Aguiar-Branco na condução da bancada, até que seja escolhida a nova direcção.
Aguiar-Branco sublinhou a forma "genuína" da sua campanha. "Disseram que nunca apresentaríamos estar candidatura e apresentámos, disseram que nunca teríamos assinaturas suficientes e tivemos. Não tivemos o aparelho numa mão e a as sondagens na outra. Não tivemos camiões, call centers ou claques", mas foi "uma campanha diferente, feita por centenas de militantes voluntários, gente livre, sem interesses, genuinamente preocupados com o futuro do partido".
O candidato derrotado considerou que Passos Coelho tem agora três desafios fundamentais: a organização do partido, a continuidade do trabalho de oposição da bancada parlamentar e a prova de união que precisa de dar.
"Mais do que palavras é fundamental dar provas de união. Garantir que aconteça o que acontecer não voltaremos a ter excluídos, ostracizados e marginalizados no partido" sublinhou. Aguiar-Branco entende que "este não é só um desafio para Pedro Passos Coelho" mas também para as outras candidaturas, esperando "um compromisso de acabar com as guerrilhas internas, de acabar com as facções, de acabar com as trincheiras que dividem sem sentido os militantes do partido".

Castanheira Barros aponta "experiência gratificante"


Castanheira Barros deu os parabéns a Passos Coelho pela sua vitória, adiantando que será "o seu presidente" e que irá até à sua sede de candidatura para o cumprimentar pessoalmente. Na sede nacional do PSD, Jorge Castanheira Barros disse ter sido uma "elevada honra" poder candidatar-se à presidência do partido. "Percorri o país de lés a lés, recolhendo assinaturas, sem regatear apoios, foi uma experiência extremamente gratificante e se há um valor supremo no PSD é o do pluralismo de opiniões", considerou.
O candidato de Coimbra revelou ter tido em Faro os votos de 89 militantes, num universo de 112 votantes. No total de eleitores, o candidato arrecadou 0,2 por cento dos votos.
Castanheira Barros disse estar ao "dispor" do novo presidente da comissão política nacional para contribuir "com a força das ideias" e apelou a que o partido, que "vai continuar laranja", ganhe "uma certa matiz verde".

Eleições participadas

O presidente do conselho de jurisdição do PSD, Morais Sarmento, admitiu que estas eleições internas podem ter sido as mais participadas de sempre e disse esperar que o acto eleitoral sirva para unir o partido.
Pedro Passos Coelho foi eleito o 18.º presidente do PSD desde a sua fundação, em 1974. O partido muda de liderança, em média, a cada dois anos. O presidente com maior longevidade na liderança social-democrata foi Cavaco Silva, que liderou entre Junho de 1985 e Janeiro de 1995.» inhttp://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Passos-Coelho-avisa-que-nao-andara-com-Governo-ao-colo.rtp&article=331422&layout=10&visual=3&tm=9
------------------------------------------------------------------------------------
Quando o Dr. Luís Filipe Menezes venceu, o aparelho tratou de o mandar embora infernizando-lhe a vida... espero que o Dr. Passos Coelho saiba arrumar a casa, que anda á deriva há muito tempo! Portugal precisa do PSD, Portugal precisa de um Pedro Passos Coelho forte, um trasmontano a sério!

Automobilismo: Álvaro Parente será o piloto oficial do FC Porto para a nova época da Superleague Formula!

«Álvaro Parente junta-se ao FC Porto

Álvaro Parente será o piloto oficial do FC Porto para a nova época da Superleague Formula. No terceiro ano da competição, o piloto portuense junta-se ao emblema que sempre apoiou e pelo qual já conquistou uma vitória neste campeonato, na corrida do Estoril do ano passado.
Depois de dois anos com Tristan Gommendy, que conseguiu um par de vitórias para os Dragões, o FC Porto apresentar-se-á desta forma com Álvaro Parente no arranque da Superleague Formula, marcado para o fim-de-semana de 3 e 4 de Abril, em Silverstone.» in site F.C. do Porto.

26/03/10

Melody Gardot - Uma Grande Voz de Jazz, combinada com uma doçura POP!






Melody Gardot - "Baby I'm A Fool"

Melody Gardot - "Twilight"

Melody Gardot - "Who Will Comfort Me"

Melody Gardot - "The Rain"

Melody Gardot - "Who Will Comfort Me" - (Live At The Troubador)

Melody Gardot - "If The Stars Were Mine"

Melody Gardot - "Some Lessons"

Melody Gardot - "Goodnite"

Melody Gardot - "Worrisome Heart"


Melody Gardot - "All That I Need Is Love"

Melody Gardot - "Ain't No Sunshine"

Melody Gardot - "Gone"

Melody Gardot - "Over The Rainbow"

Melody Gardot - "Quiet Fire"

Melody Gardot - "Les étoiles"

Melody Gardot - "Lover Undercover"

Melody Gardot - "EPK"

Melody Gardot - "My One And Only" - (Thrill EPK)

Herbie Hancock & Melody Gardot - "Edith And The King" - (Pin on Abbey Road)

«Melody Gardot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

MGardotLainez.jpg

Melody Gardot (Nova Jérsei 2 de fevereiro de 1985 �— ) é uma cantora e compositora de jazz Americana, nascida em Filadélfia, Pensilvânia[1]. Influenciada pelo blues e jazz, de Janis Joplin, Miles Davis, Duke Ellington e George Gershwin, e da música latina, de Stan Getz e Caetano Veloso[2].

Aos 19 anos, foi atropelada por um automóvel enquanto andava de bicicleta.[3] Este evento, apesar de trágico, levou ao seu reconhecimento como uma notável artista.

O início de sua carreira artistica foi motivada por seu médico, que estava preocupado com as sequelas do traumatismo craniano sofrido no acidente. Seguindo essa sugestão, Melody Gardot compôs e gravou algumas músicas quando ainda estava de cama, incapaz de caminhar. Como resultado, foi lançado o EP Some Lessons - The Bedroom Sessions. Seu primeiro album, uma continuação do EP, se chama Worrisome Heart.


[editar] Discografia

  • Some Lessons: The Bedroom Sessions (2005)
  • Worrisome Heart (2008) [4]
  • Live from SoHo (2009)
  • My One and Only Thrill (2009)

Referências

  1. Matthews, Terry (15-05-2009). Buckled up Inside. Página visitada em 2009-08-09.
  2. "Official Myspace Page". Página visitada em 2009-04-21.
  3. "Billboard: Melody Gardot (em inglês)". Página visitada em 2008-04-05.
  4. Billboard "allmusic"., Allmusic

[editar] Ligações externas


"Love Me Like A River Does

Love me like a river does
Cross the sea
Love me like a river does
Endlessly
Love me like a river does
Baby donÂ’t rush youÂ’re no waterfall
Love me that is all
Love me like a roaring sea
Swirls about
Love me like a roaring sea
Wash me out
Love me like a roaring sea
Baby donÂ’t rush youÂ’re no waterfall
Love me that is all
Love me like the earth itself
Spins around
Love me like the earth itself
Sky above below the ground
Love me like the earth itself
Baby donÂ’t rush youÂ’re no waterfall
Love me that is all"

Política Nacional: Processo Face Oculta - "Sócrates e Vara falavam em código!"

«Sócrates e Vara falavam em código
Por Ana Paula Azevedo e Felícia Cabrita

Numa conversa telefónica interceptada pelos investigadores do processo Face Oculta, a 6 de Agosto de 2009, já depois de Armando Vara saber que estaria sob escuta, José Sócrates e Vara falam numa estranha linguagem cifrada. O SOL reproduz a conversa na edição desta sexta-feira.
As conversas do primeiro-ministro com Armando Vara – que deram origem à extracção de certidões do processo Face Oculta por, segundo o procurador e o juiz de instrução de Aveiro, existirem «indícios muito fortes» de atentado contra o Estado de Direito, com tentativa de controlo dos media – a partir de determinado momento passaram a ser cifradas.
Conforme o SOL já noticiou, os investigadores do processo suspeitam que, nos últimos dias de Junho do ano passado, os arguidos terão sido informados de que estavam a ser escutados e passaram a usar outros telefones.
Vara, arguido no caso, passa a falar em código com Sócrates, um dos seus melhores amigos.
O telefonema que o SOL agora publica foi apreciaçado pelo presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) em Janeiro deste ano.
Trata-se de uma conversa «iniciada por Armando Vara com um tal ‘Carlos’, que passou o telefone a uma terceira pessoa, que veio a ser identificada como sendo o primeiro-ministro» – como descreve o presidente do STJ, Noronha Nascimento, em despacho de 26 de Janeiro.
Noronha ditou-lhe o mesmo destino das outras 11 comunicações em que intervém José Sócrates, que já apreciara em Setembro e Novembro do ano passado: não pode ser usada como prova (pois a sua intercepção foi apreciada primeiro pelos magistrados de Aveiro, em vez de comunicada de imediato ao presidente do STJ) e tem de ser destruída.» in http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=167081&dossier=Caso%20Face%20Oculta
-----------------------------------------------------------------------------------
Agora que a Dra. Manuela Ferreira Leite está a acabar o mandato há uma coisa que devo dizer a bem da verdade! Posso não considerar a Dra. Manuela Leite com perfil para liderar o PSD, até porque penso que ela é demasiado educada para lidar com a maioria dos políticos portugueses da actualidade... mas uma coisa é certa, ninguém lhe tem nada a apontar em questões de competência e seriedade, o seu passado é límpido! Agora estes da face oculta, valha-me Deus! Recordemos que o PS esteve 15 anos quase consecutivos na governação e desde o pântano de Guterres até ao descalabro de Sócrates foi sempre a descer...

25/03/10

Poesia - A Indignação em Forma Poética do meu Amigo, Poeta, Ângelo Ôchoa, contra os Barões que querem destruir o lindo Areópago do Estádio do Bonfim!


Meu libelo acusatório a favor do belo Estádio do Bonfim:

Cada pedra sobre cada pedra:

Será que surgiu novo Ceausescu,
escudado em razões com vil cifrão,
mais cinzenta, esperta, sinistra camarilha?
Clowns, clonados, sem rosto, calculando a nota verde, qual dentre eles se lembrou, ou todos à uma se lembraram, mãos empapadas no pastoso dinheiro, de mandar prà cidade que desconhecem com a ferocíssima ideia de arrasar o nosso belo Estádio do Bonfim?
Mas pergunto:
Quereis então demolir a aérea varanda?
Não serão vossos cálculos ao haver a pura infâmia, ante a limpidez amanhecida verde relva?
Acuso-vos; e convoco jornais, emissoras, Tv.:
Apontem os desalmados e os seus tenebrosos planos.
Esmaguem eles armações, estruturas, e bancadas; que não alcatifam os sorrisos às crianças, nem aos jovens atletas, ou aos anónimos adeptos, tão pouco o nimbado sol vivo nos olhos abertos das gentes, esplendor que converte.
Ainda daqui te contemplo, qual ponte abalançando emoções, catedral da rua alçando-se a estrelas, sustentado equilíbrio.
Queiramos nós, homens povo, e esses tais senhores não passarão.
in
Cantos de Intervenção,
Sonhadas Palavras,
Angel Ochoa


O belo Estádio do Bonfim - "Libelo Acusatório do Ochôa"
---------------------------------------------------------------------
Abraço ao Meu Amigo Ôchoa que não se cala perante as injustiças... será que eles (os que comem tudo!) não gostarão de um estádio tão belo como o de Setúbal, onde o Povo confraterniza há tantos anos?!

Futebol Português - Ricardo Costa e Vítor Pereira quiseram demitir-se, que grande ajuda seria ao Futebol Português!


«Ricardo Costa e Vítor Pereira quiseram demitir-se

O presidente da Comissão Disciplinar Ricardo Costa e o presidente da Comissão de Arbitragem Vítor Pereira colocaram o seu lugar à disposição quando foram informados da decisão de Hermínio Loureiro, mas foi o mesmo ex-presidente da Liga Portuguesa de Futebol a evitar tal.
Ao que o jornal Record apurou, Ricardo Costa colocou o sue lugar à disposição depois de ter conhecimento da demissão de Hermínio Loureiro quando soube que o presidente da Liga Portuguesa de Futebol se iria demitir. Hermínio Loureiro, em nome do normal funcionamento das competições que estão em curso, pediu ao líder da Comissão Disciplinar para não o fazer.
O mesmo aconteceu com Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem.
Hermínio Loureiro percebeu que essas duas demissões iriam provocar o caos no futebol português e por isso travou as intenções de Vítor Pereira e Ricardo Costa.
Recorde-se que o Hermínio Loureiro apresentou ontem, quarta-feira, o pedido de renúncia à presidência da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, na sequência da decisão do Conselho de Justiça da Federação de reduzir os castigos aos futebolistas do FC Porto Hulk e Sapunaru.» in http://desporto.sapo.pt/futebol/primeira_liga/artigo/2010/03/25/ricardo_costa_e_v_tor_pereira_qu.html
---------------------------------------------------------------------------------
O individuo de nome, Ricardo Costa, que prejudicou deliberadamente, F.C. do Porto, Braga, Hulk, Sapunaru e Vandinho, a meu ver deveria ser considerado persona non grata a esses dois clubes e ser impedido de entrar nas duas cidades do Norte... mais nada! Esse Senhor não se vai demitir, pois é óbvio que o Benfica continua a precisar dele, vide o elogio na página oficial do clube bafiento do regime...

24/03/10

Taça de Portugal: Rio Ave 1 vs F.C. do Porto 3 - Dragões estão em Vantagem nas Meias Finais da Taça de Portugal, dedicado a Ricardo Costa, o Ladrão!

«Dragões põem um pé na final da Taça

O FC Porto deu esta quarta-feira um passo de gigante rumo a mais uma final da Taça de Portugal. Com coesão, empenho e bom futebol, os Dragões atiraram os últimos infortúnios para trás das costas e triunfaram no sempre difícil terreno do Rio Ave, por 3-1. Ruben Micael, Raul Meireles e Guarín apontaram os tentos portistas, numa vitória lógica e que, segundo qualquer análise coerente, só pode pecar por escassa.
O FC Porto tomou conta do jogo desde o apito inicial e, ao terceiro minuto, já tinha criado duas situações de perigo: primeiro foi Falcao a não chegar ao cruzamento de Guarín e, segundos depois, o avançado colombiano obrigou Carlos a uma grande defesa, após assistência de Alvaro Pereira. Os Dragões entraram em campo dispostos a dar uma resposta afirmativa às dificuldades levantadas pelas muitas baixas na equipa. Montando uma autêntica teia a meio campo, os azuis e brancos dominaram o adversário quase por completo.
Para quem estava a assistir ao encontro, o golo de Ruben Micael não constituiu qualquer surpresa. Guarín efectuou uma abertura fantástica, isolando Falcao, que rematou para uma grande defesa de Carlos. O avançado não foi egoísta e, na sequência do ressalto, serviu Ruben Micael para o 1-0, aos 19 minutos. O FC Porto nunca perdeu o domínio da partida e, aos 27 minutos, o guardião da casa negou o segundo tento portista a Raul Meireles. Porém, o Rio Ave empatou a contenda aos 36 minutos, apesar de ter feito muito pouco para o merecer.
Foi mais uma contrariedade a ultrapassar, perante a qual a equipa não baixou os braços, contando com o apoio dos muitos adeptos que se deslocaram a Vila do Conde. Dois minutos depois, já Falcao obrigava Carlos a nova estirada e, aos 40 minutos, Chidi cortou sobre a linha de golo um cabeceamento do número nove.
Ao intervalo, o resultado era lisonjeiro para o Rio Ave, mas o FC Porto encarregou-se de o colocar nos «eixos». Nove minutos depois do recomeço, Guarín fez mais uma bela abertura, a que Ruben Micael correspondeu com esforço, controlando a bola dentro das quatro linhas e servindo Raul Meireles. O internacional português atacou a bola de rompante e, com um remate colocado, fez o 2-1.
Em posição de vantagem, os Dragões geriram de forma inteligente a partida, tendo-se registado a entrada de Miguel Lopes para uma das alas do ataque, aos 71 minutos. O jogador correspondeu com um cruzamento perfeito para Ruben Micael, que Guarín, coroando uma excelente exibição, transformou em golo, já em cima da linha de baliza. Até ao apito final, o adversário não esboçou sequer uma reacção. Segue-se a segunda mão, no Estádio do Dragão, a 14 de Abril, onde o FC Porto pode carimbar o passaporte para a 27.ª presença numa final da Taça de Portugal.

FICHA DE JOGO

Rio Ave-FC Porto, 1-3

Taça de Portugal, meia-final, primeira mão
24 de Março de 2010
Estádio do Rio Ave Futebol Clube, em Vila do Conde

Árbitro: Artur Soares Dias (AF Porto)
Assistentes: José Cardinal e Rui Licínio
Quarto árbitro: Raul Válega

RIO AVE: Carlos; Zé Gomes, Gaspar, Fábio Faria e Sílvio; André Vilas Boas, Tarantini e Vítor Gomes; Bruno Gama, Bruno Moraes e Chidi
Substituições: Tarantini por Nélson Oliveira (69m), Chidi por Bruno Fogaça (69m) e Bruno Gama por Sidnei (76m).
Não utilizados: Mora, Ricardo Chaves, Jeferson e Wires
Treinador: Carlos Brito

FC PORTO: Beto; Fucile, Rolando, Bruno Alves e Alvaro Pereira; Fernando, Belluschi, Guarín, Raul Meireles e Ruben Micael; Falcao
Substituições: Fernando por Tomás Costa (65m), Belluschi por Miguel Lopes (71m) e Falcao por Orlando Sá (80m)
Não utilizados: Nuno, Valeri, Nuno André Coelho e Farías
Treinador: Jesualdo Ferreira

Ao intervalo: 1-1.
Marcadores: Ruben Micael (19m), Bruno Moraes (36m), Raul Meireles (54m) e Guarín (75m)
Disciplina: cartão amarelo para Fucile (53m), Fernando (61m) e Ruben Micael (65m)» in site F.C. do Porto.

Imagens de um Jogo em que o F.C. do Porto venceu com toda a Justiça contra a Injustiça da Liga Portuguesa de Futebol!
Pin It button on image hover